MPF investiga paralisação de serviços de transporte coletivo em Feira de Santana

Postado em ago 20 2015 - 6:00pm por Jornal da Chapada
foto

As empresas Viação Princesinha do Sertão e Viação 18 de Setembro suspenderam os serviços, por decisão unilateral, desde o último domingo, 16 de agosto | FOTO: Reprodução |

O Ministério Público Federal (MPF) em Feira de Santana instaurou nesta quinta-feira (20), procedimento de investigação criminal a fim de apurar apurar suposto crime de paralisação de trabalho de interesse coletivo (art. 201, Código Penal) cometido pelos sócios das empresas concessionárias de serviço de transporte público coletivo oferecidos pelas empresas Viação Princesinha do Sertão e Viação 18 de Setembro no município.

O MPF encaminhou ofício à prefeitura a fim de que se manifeste, em 24 horas, acerca da paralisação encaminhe cópia dos contratos administrativos celebrados com as empresas. O mesmo prazo foi dado à Viação Princesinha do Sertão e Viação 18 de Setembro no município para que apresentem informações detalhadas dos motivos que levaram à paralisação e documentos comprobatórios dos argumentos alegados.

De acordo com o procurador Samir Cabus Nachef Júnior, apesar de estarem vigentes os contratos firmados com as concessionárias, as atividades prestadas por estas empresas estão suspensas, por decisão unilateral, desde o último domingo, 16 de agosto. As instituições alegam que faltam recursos financeiros para abastecimento dos veículos, tendo em vista a perda de crédito no mercado para a compra de combustível.

Em virtude dessa paralisação, a prefeitura teve de contratar emergencialmente, por seis meses, duas empresas – a Auto Ônibus São João e a Empresa de Ônibus Rosa, vencedoras da licitação – para prestação do serviço. Além disso, a população está sendo prejudicada com a falta de transporte coletivo, havendo, inclusive, a suspensão das aulas da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). As informações são do MPF-BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.