Brasil: PF investiga omissão de dados em declaração de bens de prefeito

Postado em ago 24 2015 - 4:29pm por Jornal da Chapada
foto

O prefeito de Hortolândia, Antonio Meira (PT) | FOTO: Jornal Terceira Visão Online |

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Procuradoria Regional Eleitoral, deflagrou no dia 20 de agosto em Campinas (São Paulo) a operação Fio da Meada, com objetivo de colher provas sobre suposta omissão de dados na declaração de bens do prefeito de Hortolândia (SP), Antonio Meira (PT). Foram cumpridos 8 mandados de busca e apreensão em endereços residências do Prefeito e em endereços de empresas a ele relacionadas.

No ato de sua posse, em 01/01/2013, o atual prefeito de Hortolândia, que foi secretário municipal em anos que antecederam a sua posse na Chefia do Executivo Municipal, apresentou declaração de bens em que não constava a propriedade de diversos imóveis em seu nome, sendo que o valor apresentado para parte dos bens declarados é visivelmente inferior ao de mercado.

Além disso, o prefeito informou o valor de sua participação em escritório contábil, que possui em sociedade em partes iguais com o seu irmão, como sendo R$ 5.868. Embora metade da sociedade tenha sido declarada por esse valor, o mesmo escritório adquiriu diversos imóveis, dentre eles uma fazenda no Estado de São Paulo, pagando pela mesma, em espécie, o valor de R$ 1.500.000. Se comprovado, o prefeito responderá por falsificação de declaração. As informações são da Polícia Federal.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.