CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde

Bonito e Itaetê estão entre os municípios que ganharão sementes para combater Aedes aegypti de forma natural

foto5
A doação será feita pela empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas, a pedido do deputado estadual Eduardo Salles | FOTO: Divulgação |

As cidades de Bonito e Itaetê, na Chapada Diamantina, e mais 11 municípios baianos receberão nesta quinta-feira (24), sementes de Crotalária juncea, leguminosa cuja flor atrai a libélula, predadora natural do mosquito Aedes aegypti. A doação será feita pela empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas, a pedido do deputado estadual Eduardo Salles. “Minha ideia é combater a dengue, zika e chikungunya de forma natural. A libélula, além de predadora, coloca seus ovos na mesma água que o Aedes aegypti e suas larvas comem as do mosquito”, explica o deputado, que é engenheiro agrônomo e foi secretário de Agricultura da Bahia.

foto66
A libélula, além de predadora, coloca seus ovos na mesma água que o Aedes aegypti e suas larvas comem as do mosquito | FOTO: Divulgação |

Na cerimônia que será realizada, às 16h30, no auditório da Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense (Coopmac), cada município vai receber uma semente por habitante. O evento contará com a presença de Jaimilton Gusmão, presidente da cooperativa, e de representantes das três secretarias de Agricultura dos municípios participantes. Os representantes dos municípios de Xique-Xique, Barra do Choça, Itaetê, Curaçá, Bom de Jesus da Lapa, Bonito, Tapiramutá, Ilhéus, Ipiaú, Lajedo do Tabocal, Maraú, Planaltino e Paratinga serão treinados para transformar as sementes em mudas e acompanhar o crescimento das plantas.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas