CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

Oeste recebe reforço da Operação Bahia Sem Fogo para combater incêndios florestais

foto5
A base operacional de Barreiras está atendendo aos municípios de São Desidério e Riachão das Neves, com 20 bombeiros e 18 brigadistas voluntários | FOTO: Reprodução/Mateus Pereira/GOVBA |

A Operação Bahia Sem Fogo no combate aos incêndios florestais que acometem a região Oeste do Estado recebeu reforço de mais 23 bombeiros militares, seis técnicos da fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), um helicóptero e veículos tracionados. Neste ano de 2015, foi criado o Sistema de Comando de Incidentes (SCI), formado pelos órgãos estaduais de meio ambiente, o Corpo de Bombeiros, Brigadistas Voluntários e as Secretarias Municipais de Meio Ambiente.

O SCI está priorizando as áreas onde estão situadas as Unidades de Conservação e remanescentes florestais. Esse sistema está subdividido em duas bases operacionais: Barreiras e Formosa do Rio Preto. A base operacional de Barreiras está atendendo aos municípios de São Desidério e Riachão das Neves, com 20 bombeiros e 18 brigadistas voluntários. Em Formosa do Rio Preto estão atuando 23 bombeiros militares e 16 brigadistas.

De acordo com a coordenadora de fiscalização preventiva de campo, Fabíola Cotrim, o programa, criado em 2007, vem se fortalecendo com parcerias. “É importante ressaltar o crescimento do Subcomitê de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais da região Oeste que hoje é considerado exemplo para o Brasil e a parceria que existe entre o Governo Federal, Estadual, Municipal e principalmente com a sociedade local”, disse a coordenadora.

Na última semana foram entregues 98 kits de Equipamentos de Proteção Individual e de Proteção Coletiva para as brigadas voluntárias dos municípios de São Desidério, Formosa do Rio Preto, Riachão das Neves e Barreiras. Os municípios onde estão sendo registrados os maiores focos de incêndios florestais no momento são: Formosa do Rio Preto, Riachão das Neves, S. Desidério, Santa Rita de Cássia, Barra e Muquém do S. Francisco, principalmente nos ecossistemas das Veredas.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas