Jornal da Chapada

Bahia terá novo curso de medicina por meio de convênio com Faculdade do Porto

O salário base é de R$ 1.727,54 (20 horas) e R$ 3.455,08 (40h) | FOTO: Reprodução |

foto5
O curso deve ser antes aprovado pelo MEC | FOTO: Reprodução |

Foi assinado na quinta (12) na cidade do Porto, em Portugal, o convênio de cooperação entre a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID). Este é o primeiro passo para que a capital baiana ganhe um novo curso de medicina nos próximos anos, após análise e autorização do Ministério da Educação. O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, esteve presente na cerimônia, que também contou com a presença da presidente da OSID, Maria Rita Pontes, além da diretora da FMUP, Maria Amélia Ferreira.

De acordo com o secretário, o protocolo viabiliza a estruturação científica da entidade filantrópica. “Isto é um marco para Obras Sociais Irmã Dulce, permitindo a qualificação técnica e acadêmica dos seus profissionais. Isso se traduzirá para a nossa população sob forma de melhoria da qualidade de assistência e de maiores resultados para o Sistema Único de Saúde do Brasil”, afirma Fábio Vilas-Boas.

Na foto estão: o reitor da Universidade do Porto, Sebastião Feyo; a presidente da Osid, Maria Rita Pontes; o ministro da Seguridade Social, Agostinho Branquinho; o Presidente mundial das Santas Casas, Manuel de Lemos; o diretor científico da Osid, Sandro Barral; e a diretora da Faculdade de Medicina (FMUP), Maria Amélia Ferreira.

Pular para a barra de ferramentas