Salvador: Juca Ferreira diz que não existe eleição com vencedor antecipado

Postado em jan 20 2016 - 11:00am por Jornal da Chapada
juca

O ministro da Cultura, Juca Ferreira | FOTO: Divulgação |

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, que concorre à indicação do PT para a disputa pela Prefeitura de Salvador, avaliou o processo sucessório na capital, antes de retornar a Brasília. Juca disse ser importante lembrar uma velha máxima política, a de que “em um ambiente democrático não existe eleição com vencedor antecipado”. Para ele, “cada campanha eleitoral tem características próprias e a história está cheia de exemplos de que favoritos, a priori e até na reta final, já acabaram por perder o pleito”.

Entusiasmado com a possibilidade de ser indicado pelo partido para o enfrentamento eleitoral ao prefeito ACM Neto (Dem), a quem reconheceu a condição de favorito, o ministro participou do cortejo da Lavagem do Bonfim cercado por populares, artistas e apoiadores. Durante sua estadia na cidade manteve reuniões com integrantes dos diretórios municipal e estadual, além de junto às principais lideranças da legenda no estado e com a senadora Lídice da Mata (PSB), que também já esboçou o propósito de candidatar-se a novo mandato na chefia do Executivo municipal.

Juca adiantou que dedicará parte do tempo livre das demandas do MinC em articulações com setores e lideranças populares de Salvador para avaliações das condições políticas que envolvam o possível lançamento da sua candidatura ao Palácio Tomé de Souza. Revelou, também, que já vem se debruçando na construção de um programa de governo. De todo modo, ressaltou seu “compromisso atual com a cultura e os artistas brasileiros”. Redação do site da Tribuna da Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.