AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Bahia é exemplo de ações de redução à pobreza rural para governos de outros países

foto67
No período de 21 a 24 de março, foi realizado um intercâmbio para apresentar as ações e os resultados do Programa Produzir e do Projeto Bahia Produtiva | FOTO: Divulgação |

As experiências de políticas públicas voltadas para a redução da pobreza rural que deram certo na Bahia foram apresentadas na semana passada às delegações dos governos de Bangladesh e Paquistão e servirão de exemplo para alavancar o desenvolvimento desses países. No período de 21 a 24 de março, foi realizado um intercâmbio para apresentar as ações e os resultados do Programa Produzir e do Projeto Bahia Produtiva, executados pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

O grupo se reuniu para analisar e tirar as dúvidas surgidas com relação as experiências visitadas e os procedimentos operacionais dos projetos. Durante a semana, as delegações, junto com autoridades do Banco Mundial, participaram de debates na cidade de Salvador e visitaram comunidades de municípios do estado, nos quais as ações e os resultados do Produzir e Bahia Produtiva, executados pela empresa pública vinculada à SDR, foram expostos pela própria população beneficiária.

Foi realizada uma visita a comunidade de Rio do Peixe, localizada no município de Tucano, para discutir a gestão e funcionamento do sistema de abastecimento de água e artesanato de couro local, ao Entreposto da Cooperativa de Apicultores de Tucano – COOAPIT, onde aconteceu uma reunião com dirigentes, associados e lideranças comunitárias, e ao Armazém da Agricultura Familiar e da Economia, em Serrinha, para conhecer a gestão o funcionamento destes empreendimentos.

O coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral, avaliou a missão. “O resultado foi altamente positivo. Todos os membros das delegações ficaram muito entusiasmados com o sucesso dos nossos empreendimentos. Aqui na Bahia, viram muitas novidades e tiraram lições, que poderão aplicar em seus países”. A especialista sênior em desenvolvimento rural do Banco Mundial, Melissa Williams, que representou as duas delegações, declarou que essa foi uma das mais bem sucedidas missões da qual participou.

“Cada projeto nos ofereceu uma lição diferente. No projeto de artesanato de couro, por exemplo, percebemos como apoiar o empreendedor e desenvolver esse sentido de empreendedorismo pode ajudar na criação de emprego e na profissionalização da atividade. Todos os projetos que visitamos tem um ponto em comum e vimos que em nossos projetos precisamos obter um maior apoio governamental. Em todas as atividades, observamos que o apoio do governo da Bahia foi essencial para seu sucesso”.

Williams disse ainda que todo o grupo ficou encantado com o resultado do trabalho realizado na Bahia e que foi um estímulo para que eles vissem onde podem chegar. “Durante esta semana, fiz postagens em minha rede social sobre o trabalho realizado pela CAR/SDR e indivíduos da Índia, Paquistão e Indonésia já demonstraram interesse em saber mais sobre o artesanato de couro, o suprimento de água e a estrutura da agricultura familiar”. Com informações da Ascom/CAR.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas