CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Trabalhadores rurais acampam na sede do Incra em Salvador; órgão faz mediação

leitor
A superintendência do Incra iniciou uma reunião com representantes dos movimentos sociais envolvidos ainda na manhã desta segunda | FOTO: Leitor Whatsapp |

Trabalhadores rurais integrantes do Movimento Luta no Campo se reuniram no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em frente ao Incra, em Salvador, na manhã desta segunda-feira (28). As atividades do órgão foram paralisadas pelos manifestantes que, segundo informações da polícia, chegaram em sete ônibus. Juntos com eles estão a União da Resistência Camponesa (URC), Movimento Teia, Movimento de Luta pela Terra (MLT), Frente dos Trabalhadores Livres (FTL), Pastoral Rural, Movimento pelo Teto e Terra (MPTT) e Movimentos dos Acampados, Assentados e Quilombolas (Ceta).

Os trabalhadores montaram acampamento no local e colocaram lonas pretas na fachada do prédio do Incra. Eles pedem mais desapropriações de terras, assistência técnica e mais projetos rurais. Há, pelo menos, cerca de 200 manifestantes participando da manifestação. De acordo com a Polícia Militar, a 82ª Companhia Independente da Polícia Militar está acompanhando o protesto e que não há transtornos no tráfego da região.

A superintendência do Incra iniciou uma reunião com representantes dos movimentos sociais envolvidos ainda na manhã desta segunda. O órgão quer receber as pautas dos manifestantes. Segundo lideranças, serão sete movimentos de luta pela terra participando desse protesto e é estimada a presença de 500 pessoas até a parte da tarde.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas