AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Bahia: Quatro mil integrantes do MST ocupam a governadoria e pautam a reforma agrária

voz
MST faz protesto em frente à governadoria, em Salvador | FOTO: Voz do Movimento |

“Não aceitamos mais a morosidade que a pauta dos trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra vem sendo tratada pelo governador Rui Costa”, diz Evanildo Costa, da direção nacional do MST, na manhã dessa segunda-feira (25), durante ocupação à governadoria do Estado da Bahia. São mais de quatro mil Sem Terra, que estão mobilizados na capital baiana desde o dia 16 de abril, denunciando a violência no campo, defendendo a democracia e exigindo uma resposta a pauta de reivindicação entregue ao governo em março de 2015.

De acordo com Lucineia Durães, da direção estadual do MST, é inaceitável que a reforma agrária esteja paralisada e que nossa pauta esteja sendo tratada com descaso. “O compromisso assumido publicamente na frente de mais de seis mil Sem Terra pelo governador precisa ser cumprido. Não sairemos daqui enquanto nossa pauta for atendida”, enfatiza.

Paulo Cesar, também da direção estadual, da pauta entregue no ano passado não pode ser retirada nenhuma vírgula, “continuaremos em luta sem desanimar, pois nossas marchas reivindicam a melhoria de vida dos trabalhadores Sem Terra”. A ação faz parte da Jornada Nacional de Lutas em defesa da Reforma Agrária, que está mobilizando milhares de Sem Terra em todo Brasil contra o agronegócio e pela democratização da terra.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas