CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Governo Federal libera mais R$ 6,2 milhões para a obra da Lagoa Grande em Feira

casa
O empreendimento já está com mais de 75% de execução e atenderá a sete mil famílias com saneamento básico nos bairros ao redor da Lagoa Grande | FOTO: Divulgação/Ascom |

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), se reuniu com a Ministra da Casa Civil, Eva Chiavon, e a assessora técnica Fernanda Lago em Brasília nesta quinta-feira (28). No encontro a ministra Eva Chiavon se comprometeu e já encaminhou as medidas administrativas para a liberação do valor de R$ 6,2 milhões das medições, o que garante a continuidade regular das obras que estão sendo executadas, pelo Governo do Estado com recursos próprios e também do PAC 1, e que se encontrava contingenciado em função de medida governamental, no último mês de março. Restam agora cerca de R$ 11 milhões para finalização da obra, recursos esses que também já estão sendo providenciados junto a Caixa Econômica para que sejam pagos a partir das medições.

O empreendimento que já está com mais de 75% de execução e atenderá a sete mil famílias com saneamento básico nos bairros ao redor da Lagoa Grande, é a maior intervenção urbana da história da cidade de Feira de Santana. A obra compreende a requalificação da lagoa que já foi responsável pelo abastecimento de água na cidade entre 1958 e 1970, recuperação de todos os seus mananciais de minação, criação de um complexo de esporte, lazer e convivência – com 2,3 km de pista de cooper e ciclismo, quiosques, campo de futebol no tamanho oficial, quadras esportivas, estacionamento para mais de 600 veículos, espelho d’água com aproximadamente o tamanho do Dique do Tororó em Salvador, espaço para eventos e uma companhia da Polícia Militar que melhorará a segurança no local e região.

Vale lembrar da remoção (que já foi feita) de 700 famílias que moravam em área de risco, dentro e no entorno da Lagoa, para um conjunto residencial construído para esse fim. Na oportunidade, o deputado Zé Neto agradeceu o empenho da ministra Eva Chiavon, da assessora técnica Fernanda, e também do Ministro Jaques Wagner que se colocou à disposição na resolução da demanda. “A obra da lagoa com os reajustes de metas físicas e correções monetárias, custará em torno de R$72 milhões de reais com recursos federais oriundos do PAC e a contrapartida do Governo Estadual, que tem dado toda atenção através do governador Rui Costa, mesmo com as dificuldades que tem atravessado financeiramente, para cumprir a parte financeira e técnica que cabe ao estado”, disse.

Na ocasião, foram entregues as cópias dos documentos de medições da Conder, os documentos atestando as medições para a Caixa e fotografias atuais do empreendimento. No encontro a ministra Eva Chiavon se comprometeu e já encaminhou as medidas administrativas para a liberação do valor de R$ 6,2 milhões das medições, o que garante a continuidade regular das obras de requalificação e saneamento da Lagoa e dos bairros ao seu redor.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas