AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Deputado tucano é cotado para substituir Eduardo Cunha na Câmara Federal

olha
O deputado federal Antônio Imbassahy com o articulador político de Michel Temer, Geddel Vieira Lima | FOTO: Gilberto Júnior/Bocão News |

A direção do PSDB trabalha para viabilizar a candidatura de Antônio Imbassahy para a presidência da Câmara dos Deputados. Essa articulação estaria sendo feita junto a vice-presidente Michel Temer (PMDB). De acordo com o Estadão, as conversas sobre a eleição na Casa Legislativa foram antecipadas por causa da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender o mandato do atual presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Com isso, o baiano Imbassahy estaria liderando os tucanos na Câmara e se destacou na condução e articulação da aprovação da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 17 de abril.

Em publicação, o site Bocão News chama a atenção também que o tucano baiano “é um quadro menos intransigente e, portanto, com capacidade de agregar setores do próprio PMDB de Cunha”. Já Eduardo Cunha trabalha para fazer um sucessor que seja aliado a ele. Rogério Rosso (PSD-DF), presidente da comissão especial da admissibilidade, e Jovair Arantes (PTB-GO), relator do processo, são dois nomes cotados. Contudo, embora o peemedebista ainda exerça forte influência dentro do parlamento, a leitura feita pelos membros do PSDB é que a tendência é de esvaziamento das fileiras.

Imbassahy seria o segundo baiano a presidente a Casa Baixa do Congresso Nacional desde a nova república (1985). Entre 1995 e 1997 a Câmara foi liderada por Luís Eduardo Magalhães (morto em 1998). Por enquanto, o campo da articulação está em movimento. A ansiedade é grande, mas o fato é que os petistas e seus aliados estão cada vez mais afastados do Poder. Com informações do Estadão e do Bocão News.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios