CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Deputado baiano do PSDB diz que continuará contra a volta da CPMF

foto6
Geilson disse que ninguém mais vai cair no conto de que o imposto é para a saúde e sim para cobrir o rombo de péssima administração do PT | FOTO: Reprodução |

“Continuarei mantendo a minha coerência. Sou contra a possível volta da CPMF”, frisa o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) nesta segunda-feira (16). O parlamentar lembrou que desde que o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) enviou a PEC à Câmara dos Deputados, ele se manteve contra. Geilson fez essa afirmação após a declaração do ministro da Economia, Henrique Meirelles, de que pode recriar a CPMF que está no Congresso, caso a economia não consiga se restabelecer.

“É muito fácil. Assume um governo, encontra um rombo e a primeira medida é aumentar os tributos. Assim, qualquer um pode ser ministro da economia. O ministro tem que encontrar meios de revitalizar a economia, sem que os brasileiros sejam penalizados. Porque já não aguentamos pagar tantos impostos nesse país”, ressaltou. O deputado ainda disse que espera que seu partido, o PSDB, mantenha a sua coerência e não aceite, e nem defenda a PEC da CPMF.

Geilson ainda disse “que ninguém mais vai cair no conto de que o imposto é para a saúde, pois está mais do que claro, que é para cobrir o rombo de péssima administração do Partido dos Trabalhadores”. “A presidente Dilma fracassou. Ela é incompetente administrativamente, deixa para o seu sucessor uma verdadeira terra arrasada. Bancos oficiais quebrados, mas não somos nós que temos que pagar essa conta. Quem pariu Mateus, que o balance”.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios