Jornal da Chapada

Temperatura mínima pode chegar aos 14°C nas áreas serranas da Chapada Diamantina

O frio deve prevalecer durante a noite e pela manhã nas cidades serranas da Chapada | FOTO: Jornal da Chapada |

Para esse primeiro final de semana de junho, as condições do tempo não deverão ter mudanças significativas, pois, com a persistência da massa de ar seco, as chuvas permanecerão escassas em grande parte da Bahia. Além de deixar o céu ensolarado, o predomínio dessa massa de ar também reflete nos índices de umidade, podendo chegar aos 30% em algumas regiões do Estado, a exemplo do Oeste, São Francisco e Norte.

Vale lembrar que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o ideal para o conforto humano seria de, no mínimo, 60%. Outro efeito dessa condição de tempo está nas temperaturas que se encontram elevadas, principalmente durante o dia, quando as máximas poderão chegar aos 36°C. Já durante a noite e nas primeiras horas da manhã, há uma queda significativa nesses valores, com mínimas atingindo os 16°C.

Na Chapada Diamantina e Sudoeste, a influência dessa massa é menor, o que deixa o céu parcialmente nublado a claro. Ainda são nessas regiões onde são esperadas as menores temperaturas do Estado, com mínimas podendo chegar aos 14°C. Essa condição de tempo frio e úmido aumenta a possibilidade de formação de neblina, sobretudo, durante a noite e nas primeiras horas da manhã. Com isso, requer maior atenção nesses horários. Entre as cidades mais frias da Chapada Diamantina estão Mucugê, Lençóis, Piatã e Morro do Chapéu, quem devem apresentar variação de temperaturas entre 14°C e 17°C.

Entre as cidades mais frias estão Mucugê, Lençóis, Piatã e Morro do Chapéu, quem devem apresentar variação entre 14 e 17 graus | FOTO: Reprodução/Inema |

Já nas regiões mais próximas ao litoral, a exemplo do Recôncavo, Nordeste e Sul, a umidade vinda do Oceano Atlântico continua favorecendo a formação de nebulosidade, mantendo o céu parcialmente nublado e com pouca possibilidade de chuva. As temperaturas nessas áreas se manterão mais amenas, com valores variando entre mínimas de 18°C e máximas de 33°C.

Para Salvador e região metropolitana, também é a umidade vinda do Oceano a responsável por manter o céu parcialmente nublado e as chuvas, se ocorrerem, serão de fraca intensidade e com maior frequência durante a noite e nas primeiras horas da manhã. As temperaturas também continuarão estáveis, com valores oscilando entre mínimas de 21°C e máximas 30°C.

Maré
Para o período entre a sexta-feira (3) e o domingo (5), a maré deverá atingir sua altura máxima no período entre 02h às 04h e entre 14h às 16h com valores variando de 2,1 a 2,9 metros. Já as alturas mínimas deverão ser registradas no período entre 08h às 10h e entre 20h às 22h, com valores variando de 0,1 a 0,2 metro. As ondas previstas deverão ter agitação fraca, com altura máxima podendo chegar a 1,0 metro.

Índice de Radiação Ultravioleta
Os Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s) previstos para o período de sexta-feira (3) a domingo (5) deverão variar de 07 a 09, o que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) estão classificados nas categorias “Alta e Muito Alta”. Assim, a OMS recomenda cuidados quanto a exposição prolongada à radiação solar, principalmente, nos horários entre 10 às 16h, como: utilizar protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, minimizando, assim, danos à saúde, sobretudo, a pele e aos olhos. Com informações do Inema.

Pular para a barra de ferramentas