CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: TCM aprova com ressalvas as contas de 2014 do prefeito de Wagner

foto
O prefeito Natã Garcia Hora | FOTO: Jornal da Chapada |

Na sessão desta quinta-feira (16), o prefeito do município de Wagner, na Chapada Diamantina, Natã Garcia Hora (PSD) teve seu pedido de reconsideração aceito pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O órgão ainda determinou a emissão de novo decisório sobre as contas relativas ao exercício de 2014, desta vez pela aprovação com ressalvas. A relatoria manteve a primeira multa imputada no valor de R$ 4 mil, em razão das falhas remanescentes no parecer, mas reduziu a outra para R$20.160,00, equivalente a 12% dos subsídios anuais do gestor, pela não redução da despesa com pessoal.

De acordo com informações do TCM, enviadas ao Jornal da Chapada, no recurso, o gestor do PSD contestou a despesa descrita como realizada no 3º quadrimestre de 2014 e pugnou pela exclusão do valor de R$1.074.190,72, alegando que são despesas efetivamente pagas com pessoal ativo. De tudo apresentado, a relatoria acatou o pedido para excluir apenas as verbas oriundas de gastos com salário família na ordem de R$42.526,38 e com ajuda de custo no importe de R$454.927,36, totalizando R$497.453,74, reduzindo os gastos do período para R$7.886.111,42, que representa o percentual de 59,57% da receita corrente líquida.

Em sua decisão, o pleno considerou a grave crise financeira enfrentada pelos municípios com a queda da arrecadação, optando, assim, por não aplicar de imediato a pena máxima da rejeição ao gestor, vez que ficou comprovada a adoção de medidas visando a recondução do percentual ao índice previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Os conselheiros Fernando Vita e Antônio Carlos da Silva votaram pela manutenção do parecer inicial pela rejeição. Jornal da Chapada com informações do TCM.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas