CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

ACM Neto diz que escolha de vice independe das eleições de 2018

neto
O atual gestor de Salvador, ACM Neto | FOTO: Divulgação |

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse na última quarta (6) que a escolha do candidato a vice-prefeito na chapa que ele possivelmente encabeçará será anunciada entre os dias 29 de julho e 5 de agosto (prazo limite para as convenções partidárias), e que essa decisão nada terá a ver com uma possível candidatura dele a governador da Bahia em 2018. O democrata diz também que ainda não está decidido nem mesmo se ele se candidatará à reeleição na disputa de outubro próximo. “2018 não entra na pauta em nenhuma circunstância. O que temos que fazer é focar em 2016”, disse o prefeito. As conversas com os partidos e seus líderes já tiveram início nesta semana, com a atual vice-prefeita, Célia Sacramento (PPL), e com o PMDB. No início da próxima semana, será a vez do PSDB.

“Todos têm os seus desejos legítimos, mas não vamos poder agradar a todos. A decisão de conversar com o PMDB logo após dialogar com Célia aconteceu porque esse é o maior partido de nossa aliança. Mas já agendei uma conversa com o presidente do PSDB, deputado federal João Gualberto, para o início da próxima semana. Após a conclusão das conversas com os partidos da nossa base, vamos definir tudo, o que deverá acontecer até o final deste mês. Mas eu tenho o prazo legal até 5 de agosto, data limite das convenções”, disse ACM Neto.

Ele falou com a imprensa após assinar a ordem de serviço para construção do primeiro hospital municipal de Salvador, que será instalado no bairro da Boca da Mata, próximo ao final de linha dos ônibus.Apesar da aparente tranquilidade do prefeito, seus aliados não escondem que a tarefa da escolha do candidato a vice será árdua.

“Contemplada” (como disse ela própria), com a primeira reunião entre os aliados de ACM Neto, a atual vice-prefeita, Célia Sacramento (PPL), disse à Tribuna da Bahia, na segunda-feira (4), que nem pensa na possibilidade de não ser escolhida pela segunda vez para compor a chapa do democrata como candidata a vice. Maior partido da base do prefeito, o PMDB também não parece disposto a abrir mão da vice de ACM Neto.

O presidente do partido na Bahia, Geddel Vieira Lima, disse no início da semana que espera que os aliados “entendam que o PMDB tem primazia nesse processo, por causa de sua musculatura”. Geddel e seu irmão Lúcio Vieira Lima (deputado federal e presidente municipal da legenda) argumentam também que o PMDB tem o maior tempo de propaganda eleitoral gratuita na televisão. Extraído da Tribuna da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios