CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Já vai tarde, diz Suíca sobre renúncia de Cunha

suica
O vereador petista Luiz Carlos Suíca | FOTO: Reprodução/Ascom |

Crítico e sempre de olho na conjuntura da política nacional, o vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT) disse que a renúncia do agora ex-presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi mais uma estratégia para tentar dar governabilidade ao presidente interino Michel Temer (PMDB). “Tinha de ser preso. Essa história de renúncia e de choro são artifícios de golpistas e só serve para se fazer de coitadinho e seguir com os planos de usurpar os direitos do povo com esse governo ilegítimo. Quer chorar e reclamar vai no pé do caboclo lá no Campo Grande, mas querer tirar uma de vítima agora é demais, é muita cretinice”, dispara o edil ao se referir a trecho da carta de renúncia de Cunha.

Para Suíca, a questão é simples e envolve o esquema para aprovar as propostas retrógradas na Câmara Federal. “Sofreram uma derrota dura na quarta, quando a Casa não aceitou a urgência para votar o projeto que renegocia a dívida dos Estados e já trataram de resolver isso com uma nova eleição para presidente, onde Cunha deve tentar fazer sucessor. Estão com medo do que Waldir Maranhão (PP-MA) possa fazer – já abriu o impeachment contra Temer e pode vir mais coisas por aí. Cunha não será salvo da cassação, mesmo com todos esses acordos esdrúxulos que fez com Temer. No final, o governo golpista vai jogar Cunha na fogueira, e o besta vai ficar como quem iniciou um processo para salvar a própria pele e a de tantos outros aliados, mas quem acabou sobrando foi ele”, completa.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios