CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Festa Literária de Mucugê tem apoio do Fundo de Cultura e vai até o domingo

fligê
Na programação tem palestras de Jorge Portugal, Jean Wyllys e muitos outros intelectuais | FOTO: Jornal da Chapada/Fligê |

Desta quinta-feira (11) a domingo (14) acontece, na Chapada Dimantina, a Primeira Feira Literária de Mucugê (Fligê), com o apoio do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, participa da conferência de abertura do evento, que vai ocupar diversos espaços da cidade, realizando uma programação gratuita para o público.

Conferências, encontros, lançamentos de livros, com autores convidados dos mais variados horizontes literários e outros da nova geração, são algumas das atividades programadas para o evento, que, nesta primeira edição, irá homenagear o escritor baiano Afrânio Peixoto (1876/1947), nascido em Lençóis e que dedicou sua obra a narrar histórias da Chapada Diamantina. O tema em debate será ‘Histórias e Memórias: a lavra da palavra’.

“Com certeza, vai ser um sucesso. Com a Fligê, a Chapada Diamantina entra para o mapa dos eventos literários nacionais e mostra o amadurecimento cultural de uma região admirada por escritores como o romancista Afrânio Peixoto, que será o homenageado nesta primeira edição. Ler faz bem a alma, e incentivar a leitura é um dever de todos nós”, afirma Portugal.

Leia também:
Chapada: Feira Literária de Mucugê terá conferência do secretário de Cultura Jorge Portugal
Chapada: Feira Literária de Mucugê terá Capinam, Jean Wyllys e lançamento de livro sobre bullying
Chapada: Escritor Afrânio Peixoto será homenageado na primeira Feira Literária de Mucugê

A realização da primeira edição da Fligê é do Coletivo Lavra, em parceira também com a Prefeitura de Mucugê e o Instituto Incluso Trata-se de uma iniciativa que busca inserir a cidade, situada nas montanhas do Parque Nacional da Chapada Diamantina, no circuito de feiras e festas literárias realizadas na Bahia e no Brasil.

Leituras guiadas, contação de histórias, oficinas, estandes de editoras e apresentações artísticas também integram o evento, que ainda terá uma programação especial voltada para o público infanto-juvenil. O projeto abraça a arte literária e tem como mote a singularidade e diálogo com outras artes buscando potencializar a formação do leitor de todas as idades e valorizar o encontro do livro com o público, como experiência única.

A estrutura da Fligê acolhe a experiência da leitura em diálogo com escritores, vivências e personificações do texto em práticas sociais que envolvem a palavra e a imagem, a oralidade e o silêncio. Com programação diversa e intensa, a interação obra/autor/leitor é disposta em espaços multiuso e com atividades que provocam o encontro da literatura com diferentes formas de manifestação artística. A programação completa está disponível aqui.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios