Brasil: Por extorsão, polícia indicia jovem que acusou deputado Pastor Feliciano

Postado em ago 19 2016 - 6:15pm por Jornal da Chapada
foto6

A jovem Patrícia Lelis também acusa Feliciano de agressão | FOTO: Montagem do JC/EBC |

A Polícia Civil de São Paulo indiciou na última quinta-feira (18) a estudante Patrícia Lelis, de 22 anos, por denunciação caluniosa e extorsão no caso em que ela acusa um assessor do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) de sequestro e cárcere privado.

Além disso, a jovem também acusa Feliciano de tentativa de estupro e agressão. O inquérito corre em Brasília porque o parlamentar tem foro privilegiado. A defesa da estudante pediu cinco dias para Patrícia fazer um aditamento do depoimento que prestou no último dia 5. A redação é do Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.