#Eleições2016: Nomes inusitados de candidatos invadem municípios baianos

Postado em ago 31 2016 - 6:17pm por Jornal da Chapada
foto6

Para ganhar o apoio popular, há candidatos que apelam também para as profissões que escolheram | FOTO: Reprodução |

Candidatos para eleições municipais de 2016 com nomes excêntricos, como João de Furão (PSDB), Cafu (PSD), Mister Cuca (PSOL), dos municípios de Ibititá, Conceição da Feira e Itabuna, respectivamente, tem aparecido em toda a Bahia. Eles são candidatos a prefeito nas eleições municipais de 2016 e é assim que se apresentam nas urnas. Os 417 municípios baianos têm, para dar e vender, postulantes com alcunhas, no mínimo, inusitadas. Em Antas, Bonito, Brejões e Mascote os candidatos se representam por seus genitores, como o caso de Roberta de Agnaldo (PP), Reinan de Lourinho (PSD), Sandro de Juca (Rede) e Toni – Filho da Profª Vanilda (Rede), respectivamente.

No nordeste da Bahia, teve até quem invocasse a história para se submeter ao voto popular. De Cuba para Aramari, Fidel (PMDB), uma referência ao principal líder da Revolução Cubana, Fidel Castro. Em Caculé, há candidato convencido sobre sua força nas urnas. Tanto é que Pedro Dias da Silva acha que o Adversário é Pedrão (PRTB), forma como o confiante prefeiturável se apresenta à população. Clécio Barros também está tão seguro quanto à sua vitória que acredita ser um Poca Urna (PTN) lá em Itarantim. Para ganhar o apoio popular, há candidatos que apelam também para as profissões que escolheram.

No quesito saúde, por exemplo, se as populações de Alcobaça, Camacan, Coração de Maria e Cristópolis tinham do que reclamar, agora parecem estar bem servidas. Entraram na disputa até hospital, farmácia e ambulância. Caso de Marinalva do Hospital (PRB), Oziel da Ambulância, Luciano da Farmácia (PSB), Paim da Farmácia (PT) e Gilson da Farmácia (PSD).

Já em Arataca os eleitores podem contar com os serviços de Roberto da Farinha (PDT) e, em Biritinga, usar os préstimos do xará, mas em outra seara, com Roberto dos Transportes (PSD). Em Itapitanga, tem o Pecuarista (PSL), representado na figura de Moacir Fernandes da Silva. No município de Fátima, há candidato querendo por um sorriso nos lábios da população, caso de Manoel Messias Vieira, o Sorria (PP). Em meio a tantos nomes bem-humorados, resta saber se o eleitor, no dia 2 de outubro, vai optar por elegê-los ou fazer de suas candidaturas não terem ido além de belas piadas. Com informações do Bahia Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.