Frente parlamentar destrava cursos de Medicina no TCU e são autorizadas 375 vagas na Bahia

Postado em set 28 2016 - 1:12pm por Jornal da Chapada
cruso

Curso de medicina | FOTO: Tânia Rego/ABR |

O 1º Edital de abertura de novos cursos de medicina do Mais Médicos entrou em fase final e já divulgou a lista das instituições autorizadas a dar início aos processos seletivos para novos alunos. Na Bahia, os cursos são em Alagoinhas, Eunápolis, Guanambi, Itabuna, Jacobina (Chapada Norte) e Juazeiro – 375 vagas no total. O segundo edital, ainda em fase final de seleção, abrirá mais vagas para Euclides da Cunha, Irecê, Brumado e Senhor do Bonfim.

Lançado no governo da presidente Dilma, o edital do Mais Médicos estava suspenso por decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) desde outubro do ano passado. O processo foi retomado em julho a partir do trabalho de convencimento dos ministros do TCU por parte da Frente Parlamentar da Ampliação dos Cursos de Medicina.

“O Mais Médicos, ao abrir as portas do país para profissionais estrangeiros, reconhece que há um déficit na quantidade de médicos do país. Tínhamos então o desafio da solução emergencial, mas também de criar condições de formarmos aqui médicos para no longo prazo resolvermos o problema estrutural. Uma política certeira da presidente Dilma que vai melhorar e muito a saúde do país nos próximos anos”, destacou o deputado federal Jorge Solla (PT-BA), que lutou para destravar o edital dos novos cursos.

“Na Bahia, esses novos cursos já representaram investimentos em infraestrutura por parte das instituições de ensino, as prefeituras investiram na rede própria de saúde para atender as exigências mínimas do MEC para o período de internato, foram criadas residências médicas, e o funcionamento dos cursos serão também um vetor de desenvolvimento econômico destas cidades”, salientou o petista.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.