Orival Pessini, criador do Fofão e Patropi, morre aos 72 anos em São Paulo

Postado em out 14 2016 - 1:56pm por Jornal da Chapada
fofao

Ao longo de sua carreira de mais de 50 anos, Pessini criou mais de 30 personagens | FOTO: Montagem do JC |

O ator e humorista Orival Pessini morreu aos 72 anos, às 4h da madrugada de hoje (14), no Hospital São Luiz, no Morumbi, zona sul de São Paulo, onde estava internado desde a última segunda-feira (10), em tratamento contra um câncer. Segundo o empresário dele, Álvaro Gomes, ao longo de sua carreira de mais de 50 anos, Pessini criou mais de 30 personagens e um dos mais conhecidos do público é o boneco Fofão, do programa Balão Mágico, da Tv Globo.

Também ganharam destaque os cômicos Clô (em referência ao estilista Clodovil) e o Patropi. Neste último, ele representava um aluno hippie, contracenando ao lado do humorista Chico Anysio, na Escolinha do Professor Raimundo. Este mesmo personagem foi levado para outros programas como A Praça É Nossa, do SBT, e Praça Brasil, na Tv Bandeirantes. Interpretou ainda os macacos Sócrates e Charles, do Planeta dos Homens (Globo).

Nascido em Marília, no interior paulista, em 6 de agosto de 1944, Pessini estreou na televisão em 1963, no programa infantil “Quem Conta Um Conto” na extinta Tv Tupi, tendo antes passado pelo teatro. Entre os diversos trabalhos, atuou ainda na telenovela Amores Roubados, em que interpretou o padre José.

Há 30 anos, o ator e humorista descobriu um câncer raro em homens: de mama. Submeteu-se a um tratamento com êxito, mas há cinco anos, voltou a sofrer com a doença que atingiu o fígado e o baço. Ele deixou a esposa, um filho e três netas. O corpo será velado no Cemiterio Gethsemâni, no bairro do Morumbi, com sepultamento previsto para o final do dia. Da Agência Brasil.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.