CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

“Para que servem as câmeras nos ônibus”, contesta Suíca sobre assassinatos em Salvador

suica
Para o edil petista, a questão é séria, envolve vidas de cidadãos e trabalhadores da capital | FOTO: Reprodução |

Os assassinatos de um sargento da Polícia Militar e de um passageiro dentro de ônibus coletivo em Salvador, durante um assalto, foram alvos de críticas do vereador Luiz Carlos Suíca (PT), nesta sexta-feira (28). Após receber a informação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Suíca questionou o fato de as câmeras de vigilância não estarem funcionando no momento do crime.

“Fico me perguntando para que servem essas câmeras nesses transportes coletivos. Como uma empresa manda instalar um sistema que sequer funciona. Isso é um absurdo e deve ser averiguado a complacência de órgãos fiscalizadores”, salienta o vereador.

Para o edil petista, a questão é séria, envolve vidas de cidadãos e trabalhadores da capital. Ele aponta que vai buscar uma explicação junto ao Ministério Público da Bahia sobre as causas dos assassinatos. “As duas câmeras do ônibus da linha 1387 não estavam gravando. Isso poderia ajudar nas investigações da polícia para chegar à prisão dos criminosos, que ainda tocaram o terror e roubaram outras pessoas do veículo”, completa Suíca.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios