Testemunhas prestam depoimentos sobre morte de argentino em Morro do São Paulo

Postado em nov 3 2016 - 1:22pm por Jornal da Chapada
foo6

O agressor foi identificado como José Henrique Pereira Pinto, carioca, que trabalhava nas praias da região vendendo chocolate | FOTO: Reprodução |

Três pessoas começaram a ser ouvidas, na manhã desta quinta-feira (3), sobre a morte do argentino Marcelo Gabriel Rey, ocorrida em Morro de São Paulo, localidade pertencente ao município baiano de Cairu. Equipes da Polícia Civil deram inícios as investigações logo após o crime e já identificaram o autor como sendo José Henrique Pereira Pinto, 37 anos, carioca, que trabalhava nas praias da região vendendo chocolate. A titular da Delegacia Territorial de Cairu, Argimária Freitas de Sousa Soares, informou que Henrique, como é conhecido, e a vítima estavam num bar e após um desentendimento deram início a briga.

“Sabemos que o agressor fugiu de Morro de São Paulo utilizando uma lancha. Ele dizia ser ex-agente público da secretaria da Segurança Pública do Espírito Santo”, disse a delegada acrescentando que Henrique tinha passagem na polícia por conta de uma briga, em Arraial D’Ajuda (ocorrência foi em 2011) e responderá, nesse caso, por lesão corporal seguida de morte. O corpo do argentino foi liberado, na tarde de ontem, pela unidade do Departamento de Polícia Técnica de Valença, após realização dos procedimentos de perícia que dirão qual foi a causa da morte. A retirada foi realiza por integrantes do Consulado da Argentina na Bahia.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.