Chapada: Sustentabilidade é a marca de empreendimento em Seabra; conheça aqui

Postado em dez 5 2016 - 4:09pm por Jornal da Chapada
foto1

A ideia é provar que a fama de brechó com cheiro de naftalina, empoeirado e sujo é uma coisa do passado | FOTO: Divulgação/Acervo Pessoal |

No brechó “1986 Closet”, que fica em Seabra, na Chapada Diamantina, peças antigas de decoração e moda vintage são considerados tesouros e não resíduos que deveriam estar na lata do lixo. A ideia é provar que a fama de brechó com cheiro de naftalina, empoeirado e sujo é uma coisa do passado.

foto1

A fisioterapeuta e empresária Letícia Profeta é proprietária do local | FOTO: Divulgação/Acervo Pessoal |

Além do que, não há pressão sob o cliente para que faça sua compra. “No 1986 closet, buscamos estimular o consumo consciente. Nada de ‘forçar’ o cliente a levar peça por ser barata ou que não combine com o estilo dele”, diz a proprietária, a fisioterapeuta e empresária Letícia Profeta.

Letícia mantém todo o cuidado com a garimpagem dos produtos, que conta com marcas nacionais e internacionais. Inclusive é possível contar com alguns projetos que o “1986 Closet” apoia como a marca “FEITO A MÃO”, onde incentiva o trabalho de artesãs local com produtos que são vendidos para todo o Brasil e fora do país.

Eles têm também o dia do desapego, quando é realizado o “encontro do desapego”, onde pessoas se encontram para trocar ou vender suas peças e assim ampliar o ciclo de pessoas preocupadas com a sustentabilidade e cuidado com o mundo cada vez melhor para todos.

Jornal da Chapada

Veja mais imagens e conheça o local

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.