Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Políticas de inclusão social reduziram impacto da crise econômica na Bahia

manu
O governador Rui Costa durante pronunciamento na Assembleia da Bahia | FOTO: Manu Dias |

A crise econômica grave do país, na avaliação do governador Rui Costa, também vem afetando a Bahia, mas com muito menos intensidade em razão das políticas sociais implementadas pelo governo federal a partir de 2003, e, a partir de 2007, no estado baiano, com ações orientadas para a inclusão social. No discurso de abertura dos trabalhos legislativos na Assembleia Legislativa, Rui afirmou que essas políticas “foram fundamentais para aliviar o impacto da retração econômica sobre a população baiana”.

A extrema pobreza, em 2001, citou, que representava 20% da população baiana, foi reduzida para apenas 6,4% em 2015. “Isso representou a maior redução em termos absolutos, no Brasil, de pessoas que deixaram as condições de pobreza ou de extrema pobreza somadas”, lembra Rui.

O governador defendeu a necessidade de adoção de políticas de redução das desigualdades e melhor distribuição de renda como solução para a crise. Outro indicador apontado por Rui no estado foi a queda da taxa de analfabetismo, que saiu de 22,7% em 2001, caindo para 13% em 2015. “Tenho muito orgulho de dizer que no nosso Estado, mesmo diante da crise, nesses dois últimos anos conseguimos quase que universalizar o ensino, garantindo a frequência escolar de 98,3% dos jovens de 6 a 14 anos”.

Leia a mensagem do governador Rui Costa na íntegra: http://bit.ly/2jZlYC8

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios