Aleluia critica esquerda por criar monopólio privado para cursos de pós-graduação

Postado em mar 30 2017 - 2:40pm por Jornal da Chapada
aleluia

Para o parlamentar baiano, o posicionamento dos representantes da esquerda praticamente impede a oferta de cursos de especialização nas universidades públicas | FOTO: Reprodução |

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) fez duras críticas à postura de deputados de esquerda que votaram contra e contribuíram para o arquivamento da PEC 395/14. A proposta de emenda constitucional autorizava às universidades públicas a cobrança por cursos de pós-graduação lato sensu. Para o parlamentar baiano, o posicionamento dos representantes da esquerda praticamente impede a oferta de cursos de especialização nas universidades públicas, quando há uma crise fiscal e os recursos governamentais estão cada vez mais escassos.

“Além de sucatear e restringir o acesso à educação, eles estão empurrando a mão de obra especializada do setor público para o privado. Estão criando um monopólio privado dos cursos de pós-graduação. É uma completa incoerência, para não dizer ignorância”, protestou o deputado. A PEC 395/14 previa a regulamentação de uma prática que já é comum há décadas na Universidade Federal da Bahia: a cobrança por cursos de especialização, MBAs, além de convênios com instituições públicas e privadas.

“Na sanha estatista de votar contra tudo, a esquerda beneficia os empresários da educação”, assinalou Aleluia, lembrando que a PEC tramitou durante os últimos anos com o apoio do Governo Dilma e tinha apoio de deputados da antiga base da presidente. “Agora eles mudaram o voto por decisão política”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.