CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

#Política: Deputados devem deixar PSL para compor outras siglas na Bahia; saiba mais

capa
Estão arrumando as malas Euclides Fernandes, Reinaldo Braga, Jurandy Oliveira, Manassés, Alan Castro e Nelson Leal | FOTO: Montagem do JC |

Ao menos seis deputados estaduais baianos devem deixar o PSL, atualmente comandando no estado pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo. Euclides Fernandes, Jurandy Oliveira, Nelson Leal, Reinaldo Braga, Alan Castro e Manassés estão com as malas prontas para pousar em outros ninhos. O PDT é o caminho que deve tomar Fernandes, já Oliveira vai para o PRP, assim relata fontes de sites da capital.

O Jornal da Chapada também procurou fontes dentro da Alba, e descobriu que os outros quatros possíveis ex-PSL devem embarcar na nau do Pros, uma articulação que envolve o deputado federal Ronaldo Carletto (PP). Ainda conforme fontes ligadas a este periódico, Carletto pretende também levar o parlamentar federal Roberto Brito (atual PP) para o Pros. Articulação essa que deve trazer Brito para ser candidato a deputado estadual em 2018. Nada confirmado, mas a tendência é essa.

Detalhes para os enfraquecimentos do PSL e do ex-presidente Marcelo Nilo. Nilo já tinha perdido Paulo Câmera, que voltou para o PDT, e agora perde mais dois certos e outros quatros que estão arrumando as partes para se mandar. De acordo com publicação do Bocão News, ao perder dois parlamentares, o PSL não mais poderá indicar uma cadeira na CPI do Centro de Convenções, publicada essa semana e que se encontra em fase de formação. Ainda segundo o site, “esse movimento teria sido uma sugestão do governo [de Rui Costa] numa tentativa de minar a força do colegiado investigativo”.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios