#Salvador: Vereadores buscam parceria com Ilê Aiyê que deve beneficiar moradores da Liberdade

Postado em jul 11 2017 - 10:21am por Jornal da Chapada
suica

No encontro foi firmada uma parceria para que a sede da instituição receba projetos da pasta da prefeitura de Salvador | FOTO: Divulgação |

Os vereadores e militantes da luta em defesa do povo negro de Salvador, Luiz Carlos Suíca e Moisés Rocha, ambos do PT, visitaram a sede do Ilê Aiyê, na manhã desta segunda-feira (10), com o presidente do bloco afro, Vovô do Ilê, e o secretário municipal de Trabalho, Esporte e Lazer, Geraldo Júnior. No encontro foi firmada uma parceria para que a sede da instituição receba projetos da pasta da prefeitura local, beneficiando toda a comunidade da Liberdade e bairros próximos. A ideia inicial do presidente do Ilê Aiyê era a de retornar o torneio de voleibol que era realizado com a participação de integrantes dos blocos afro.

No entanto, após o encontro com os vereadores e o secretário Geraldo Júnior, novas possibilidades de parceria foram planejadas. Além de um torneio abrangendo outras modalidades esportivas, cursos profissionalizantes em parceria com o Sine, e os projetos ‘Segundo Tempo’ e ‘Ruas de Lazer’ foram discutidos para serem realizados para a comunidade. “É de fundamental importância para nós a construção desse elo para que as políticas públicas, de fato, cheguem às comunidades de Salvador. Muitos dos jovens negros, da periferia, só precisam de uma oportunidade para o crescimento pessoal e profissional. A parceria com o Ilê Aiyê é uma aproximação com um enorme simbolismo, por se tratar do mais tradicional bloco afro do Brasil”, afirma Suíca.

O vereador Moisés Rocha destacou a necessidade de os poderes públicos se posicionarem de forma mais efetiva em relação aos bloco afro e comunidades carentes. Rocha também alertou para a necessidade do poder público auxiliar no retorno do Camarote do Ilê Aiyê no Carnaval de Salvador. “Por que para os pretos sempre dizem não?”, questionou. O gestor da pasta municipal, Geraldo Júnior comemorou o resultado do encontro e disse que “a visita foi oportuna para identificar as principais necessidades do primeiro bloco afro da Brasil, que possui uma imensurável riqueza de costumes da cultura afro-brasileira”.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.