#Bahia: Coronel contesta atuação de secretariado de Rui Costa e volta a gerar saia justa na base aliada

Postado em jul 12 2017 - 1:06pm por Jornal da Chapada
coronel

Segundo o presidente da Alba, os parlamentares encontram dificuldades para ser recebidos e discutir suas demandas | FOTO: Reprodução/Carlos Augusto |

Parece que o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o deputado estadual Angelo Coronel (PSD) está botando as manguinhas de fora. Segundo nota publicada em um site da Bahia, o parlamentar que administra o segundo orçamento do Estado e tem lançado o nome do senador Otto Alencar (PSD) para candidato ao governo baiano, criticou duramente a articulação política do governador Rui Costa (PT). Coronel alega que são recorrentes as queixas entre os deputados da base aliada, por conta do tratamento dispensado a eles por alguns secretários de Rui.

De acordo com a nota, os parlamentares encontram dificuldades para ser recebidos e discutir suas demandas. Mas quem está nas trincheiras da imprensa no interior do Estado observa que, na prática as coisas não acontecem como o chefe do poder Legislativo diz. Um grande exemplo são as acirradas disputas de cargos nos órgãos públicos do governo Rui Costa, onde assessores do próprio Coronel estão indicando quem fica e quem sai.

Tem funcionários indicados por deputados petistas andando na corda bamba por contas das ameaças de perda de seus cargos. Na nota, Coronel chega a fazer um alerta ao governador: ou os deputados passam a receber melhor tratamento, ou seus projetos de reeleição em 2018 podem ser prejudicados caso a insatisfação na base cresça a ponto de provocar uma ruptura.

“Eu não aceito que chefes de órgãos e secretários fiquem tratando mal a classe política. Grande parte deles está ali por indicação, não se elegeram para ser secretário ou diretor de órgão. Quem se vira, come sal e poeira pelas estradas da Bahia para se eleger e eleger um governador somos nós. E eles se acham mais importantes que um deputado. Que eles calcem as sandálias da humildade e comecem a tratar melhor a classe política, porque isso pode prejudicar a reeleição do governador Rui Costa”, avisou Coronel em entrevista ao site.

Segundo o presidente, na última reunião entre Rui e líderes da base aliada, o governador ouviu as reclamações e afirmou que “enquadraria” os secretários alvos das críticas. Coronel, que tem se notabilizado pela postura de, mesmo estando no governo, fazer críticas a pontos da gestão política do petista, continuou a bradar contra o tratamento dispensado por alguns titulares de pastas.

De acordo com o social-democrata, os deputados precisam “mendigar horários” para conversar com secretários. “Prefeito solicita informação. Deputado liga, secretário diz que está em reunião. Passa para o chefe de gabinete, que também não dá nem ousadia. Isso cria um desgaste para a gente porque fica patenteado ali, na frente do prefeito, que a gente não é recebido e nem tampouco conseguimos uma ligação”, lamentou.

Ele ainda ironizou as “desculpas” fornecidas para negar atendimento. “Parece que há secretário em reunião constante, porque a desculpa é sempre a mesma. Eles poderiam mudar de desculpa, esta já está cansada. A frase não convence mais ninguém, já exauriu”, afirmou, em tom sarcástico. Jornal da Chapada com informações do Bahia Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.