Chapada: Feira Literária de Mucugê anuncia temáticas das Conferências de abertura e encerramento

Postado em jul 28 2017 - 12:50pm por Jornal da Chapada
capa

O historiador Ruy Medeiros abre a feira e o diretor do Departamento do Livro do Ministério da Cultura, Cristian Brayner, encerra as atividades na Chapada Diamantina | FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

Dois importantes temas serão abordados nas conferências de abertura e encerramento a ser realizadas nos dias 10 e 13 de agosto durante a segunda edição da Feira Literária de Mucugê, na Chapada Diamantina. “Entre Sertões e Chapadas, sentidos e metáforas” é o tema da conferência do primeiro dia da Fligê, que acontecerá às 20h, no Centro Cultural da cidade, com Ruy Herman de Araújo Medeiros. Doutor e Mestre em Memória, Linguagem e Sociedade pela UESB, o professor fará uma explanação histórica sobre as diferentes paisagens dos Sertões e Chapadas do país. O historiador Ruy Medeiros vai dissertar sobre o tema e local de realização da Fligê, bem como, as percepções e simbologias que eles trazem para o nosso contexto de vários Brasis dentro do Brasil.

A conferência será mediada ainda por Maria Cristina Dantas Pina, professora doutora da área de Metodologia do Ensino de História da UESB. No último dia da Feira, o diretor do Departamento do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC), Cristian José Oliveira Santos Brayner vai proferir sobre a temática “A normalização das políticas públicas de livro, leitura, literatura e bibliotecas no Brasil: Encontros e Desencontros”. A conferência de encerramento será no Centro Cultural e está marcada para as 18h.

Cristian Santos ratificará as atividades desenvolvidas pelo Departamento que têm por fim democratizar o acesso ao livro e à biblioteca no país, fomentando práticas de leitura, em particular da literatura, a partir do que já foi implementado e estabelecendo novas frentes de atuação mesmo num contexto de desafio com poucos recursos. Doutor em Literatura e Práticas Sociais, mestre em Ciência da Informação e graduado em Biblioteconomia, Letras (Língua e Literatura Francesas), Filosofia e Tradução, Cristian Santos foi agraciado com o Prêmio Casa de las Américas em 2016. No dia anterior (sábado, 12), ele também participa da atividade D’Falas e D’Versos, no Espaço Academia da Leitura, a partir das 17h, com o lançamento do livro “Devotos e Devassos”. A historiadora e professora doutora da UESB Avanete Pereira Sousa será a mediadora desta conferência.

Com programação gratuita para todo o público, a Fligê é realizada pelo Coletivo Lavra em parceria com a Prefeitura Municipal de Mucugê e o Instituto Incluso e tem o apoio financeiro do Ministério da Cultura (MinC), do Governo do Estado da Bahia – Terra-Mãe do Brasil, através da Secretaria de Cultura (Secult) e da Secretaria da Fazenda (Sefaz). A Feira Literária acontecerá de 10 a 13 de agosto nos municípios de Mucugê e Andaraí (Vila de Igatu) e nesta edição homenageará o autor de “Os Sertões”, Euclides da Cunha (1866-1909), rememorando assim, os 120 anos da Guerra de Canudos, com o tema “Somos paisagens dos sertões em rotas de composições”. As informações são de assessoria.

Serviço
O quê: 2ª Feira Literária de Mucugê.
Quando: de 10 a 13 de agosto.
Onde: Centro Cultural (Clube), Colégio Horácio Matos, Casa da Filarmônica, Pç. Cel. Propércio (Calçadão), Cesta do Povo, Espaço Academia, Museu e Centro Histórico de Mucugê.
Entrada gratuita.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.