Chapada: Última sessão do Cineclube Fruto do Mato em Lençóis exibe ‘Pau Brasil’ e recebe Bertrand Duarte

foto

A projeção de ‘Pau Brasil’ marca a última sessão do Cineclube Fruto do Mato, que desde fevereiro vem exibindo os mais importantes e premiados filmes da cinematografia baiana | FOTO: Divulgação/Henrique Andrade |

O ator baiano Bertrand Duarte é o convidado especial da sessão de encerramento do Cineclube Fruto do Mato, que acontece no dia 16 de agosto (quarta-feira), às 19h30, no Teatro de Arena, centro da cidade de Lençóis, na Chapada Diamantina. Bertrand apresenta ao público o filme ‘Pau Brasil’, primeiro longa-metragem do diretor Fernando Belens, lançado em 2014, adaptado do romance homônimo da escritora Dinorath do Valle.

A trama acontece num pequeno vilarejo do interior do país, chamada ‘Pau Brasil’. Nela, diversas famílias vivem em condições sociais adversas, mas Joaquim e Nives lidam com as desigualdades sociais de maneiras muito distintas. O preconceito e a dificuldade de aceitar o outro acabam gerando conflitos entre as famílias destes dois homens.

cine

Bertrand Duarte é convidado especial da sessão de encerramento do Cineclube Fruto do Mato em Lençóis | FOTO: Reprodução/Adoro Cinema |

O diretor baiano Fernando Belens, que começou a carreira no cinema com o boom superoitista dos anos de 1970, conclui as gravações de ‘Pau Brasil’ em 2009, depois de ter dirigido cerca de 20 curtas-metragens. Mas o longa só é lançado cinco anos depois de rodado. ‘Pau Brasil’ foi exibido em diversos festivais no país e no exterior, entre eles a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, o VI Panorama Internacional Coisa de Cinema e o Los Angeles Brazilian Film Festival.

A projeção do filme marca a última sessão do Cineclube Fruto do Mato, em Lençóis, que, desde fevereiro deste ano, vem exibindo os mais importantes e premiados filmes da cinematografia baiana. A população de Lençóis e os turistas que visitam a região tiveram a oportunidade de conhecer obras de cineastas consagrados do cinema feito por baianos, na Bahia, como Glauber Rocha e Roberto Pires, e também dos novos diretores que fazem parte do cinema contemporâneo da Bahia.

O cineclube é uma realização da Cinepoètyka e Grãos de Luz e Griô, através do Edital Setorial de Audiovisual 2016, com apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundo de Cultura e Secretaria de Cultura da Bahia. A iniciativa tem ainda o apoio da Diretoria de Audiovisual do Estado da Bahia (Dimas). As informações são de assessoria.

Veja o trailer do filme Pau Brasil

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.