CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

#Bahia: Governo baiano promove ações pela alfabetização em parceria com 381 municípios

alfabeto
Só em 2017, foi realizada a formação de mais de 900 coordenadores pedagógicos de redes municipais, com foco especial para as áreas de Língua Portuguesa e Matemática no ciclo inicial | FOTO: Reprodução/EBC | 

A Secretaria da Educação do Estado está desenvolvendo ações estratégicas, em parceria com 381 municípios, voltadas à alfabetização das crianças na idade certa, até os oito anos de idade. Através do Programa Estadual Pacto pela Educação e por meio do regime de colaboração com os municípios, o Estado vem realizando formação de educadores, assessoramento técnico a estes municípios que aderiam ao programa e, também, a distribuição de material didático referenciado na realidade da Bahia, para tornar o aprendizado mais lúdico para as crianças.

Só em 2017, foi realizada a formação de mais de 900 coordenadores pedagógicos de redes municipais, com foco especial para as áreas de Língua Portuguesa e Matemática no ciclo inicial (1º ao 3º ano do Ensino Fundamental). Ainda neste ano, a partir do mês de novembro, serão realizadas novas formações, envolvendo 414 municípios, no âmbito do Programa Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). A iniciativa, na Bahia, será coordenada pela Secretaria em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), instituição formadora dos coordenadores pedagógicos dos municípios.

Segundo o subsecretário da Educação, Nildon Pitombo, o Pacto, que foi instituído por meio de Decreto Estadual, fortalece a política de alfabetização de crianças, favorecendo o cumprimento das estratégias correspondentes à meta 5 do Plano Nacional de Educação. “Além disso, está relacionado à meta 2, que trata da universalização do Ensino Fundamental, e à meta 7, que se refere ao aprendizado adequado na idade certa, observado a partir do índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, destaca.

A Secretaria da Educação da Educação também está fomentando a criação dos Núcleos Municipais de Alfabetização e Letramento (Nalfas) nos municípios. O objetivo é realizar estudos, propor e gerir as políticas contínuas de alfabetização, em consonância com o Plano Municipal de Educação, que possam atender às demandas dos professores e gestores escolares que atuam com alunos em processo de aquisição da leitura e da escrita e alfabetização matemática.

A coordenadora de Projetos Especiais da Secretaria da Educação, Elenir Alves, destaca a importância deste alinhamento e assessoramento aos municípios. “A melhoria dos indicadores educacionais e o desempenho da rede estadual nas avaliações nacionais passam pela melhoria das redes municipais. Por isso, a Secretaria vem fazendo toda esta rede de assistência, visando melhorar os indicadores das escolas municipais. ”, destaca, ao acrescentar que o trabalho cooperado entre os entes federativos fortalece toda a politica educacional do Estado da Bahia.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios