CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia

#Polêmica: Petista investigado pela Operação Lava Jato é assassinado em Candeias

foto
Roberto do PT foi abordado na porta de sua empresa por um homem que há cerca de dois dias o perseguia a procura de emprego e alvejado por arma de fogo | FOTO: Reprodução/Jacobina Notícias |

O ex-vice prefeito de Ourolândia, no centro norte da Bahia, e investigado pela Operação Lava Jato, Roberto Soares Vieira (PT), foi assassinado na manhã da última quarta-feira (17) em Candeias – Região Metropolitana de Salvador. A informação é do site Bahia Notícias, que publicou matéria sobre o assunto. Segundo os familiares, o político conhecido como Roberto do PT foi abordado na porta de sua empresa por um homem que há cerca de dois dias o perseguia a procura de emprego. “Por volta de 12h30, ao baixar o vidro do carro, Roberto foi atingido por disparos de arma de fogo efetuados pelo suspeito, que fugiu do local em uma moto com um comparsa”, narra o site.

Ainda conforme a publicação, a Polícia Civil investiga o caso e não existe informações sobre a real motivação do crime contra o petista. Em novembro de 2017, Roberto foi alvo de condução coercitiva pela 47ª fase da Operação Lava Jato, a Operação Sothis por suspeita de participar de um esquema de corrupção envolvendo uma subsidiária da Petrobras que desviou R$ 7 milhões para o PT. Na época, policiais federais cumpriram mandado de busca e apreensão no imóvel do petista, no Condomínio Alphaville, no Litoral Norte da Bahia. As informações são do Bahia Notícias.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios