Valmir: Protestos contra Temer em diferentes carnavais refletem o descontentamento do povo

Postado em fev 15 2018 - 9:00am por Jornal da Chapada

O deputado federal Valmir Assunção durante carnaval em Salvador | FOTO: Jonas Santos |

Os protestos em diferentes carnavais no Brasil foram tratados pelo deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) como um descontentamento do povo com o governo do presidente Michel Temer (MDB). Nesta Quarta-Feira de Cinzas, o parlamentar destacou que o grito ‘Fora, Temer’ foi o que ele mais ouviu no carnaval de Salvador, por exemplo. “Na Bahia, o MST teve bloco em Prado onde o tema era ‘Eleição Sem Lula é Fraude’, em Pernambuco, a folia também levou essa temática. Sem contar que nas cidades onde houve festa sempre tinha uma turma com protestos contra as perdas de direitos referendada pelo governo golpista de Temer”, destaca Assunção.

Para o deputado, o destaque do carnaval do Rio de Janeiro foi mesmo a Paraíso do Tuiuti, que fez uma crítica em todas as suas alas ao processo político que passa o Brasil. “Isso mostra o descontentamento do povo com o governo e contra as suas decisões. Teve vampiro, patos, paneleiros e até críticas contra o racismo e reforma trabalhista”, completa Valmir. O parlamentar ainda destaca os atos do dia 19 de fevereiro, sindicatos e movimentos sociais convocam manifestação com greve geral. Ele também citou os shows do grupo BaianaSystem no carnaval de Salvador, que por onde passava ouvia-se o grito de ‘Fora, Temer’, e a atuação da Secretaria Estadual de Promoção de Igualdade Racial (Sepromi).

Sobre política, Valmir Assunção disse que o “carnaval foi um divisor de águas para 2018”. Segundo ele, o governador Rui Costa (PT) segue firme e se destacou ainda mais na folia de Momo. “As apresentações sem corda foram o grande momento desse carnaval 2018, assim como foi em 2017, com o governo da Bahia investindo pesado em shows para a folia. Foi, de fato, um carnaval popular, com a cara do governo do PT”, frisa o parlamentar.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.