Chapada: Nova Redenção completa 29 anos de emancipação e prefeita segue com reconstrução

Postado em fev 25 2018 - 6:11pm por Jornal da Chapada
capa

A região se destaca por sua economia voltada para a agricultura, para o turismo ecológico e religioso | FOTO: Montagem do JC/Arquivos |

O município de Nova Redenção, conhecido como a ‘Princesa da Chapada Diamantina’, completou neste domingo (25), 29 anos de emancipação política em pleno período de reconstrução. Para comemorar a data magna, a prefeita Guilma Soares (PT) realizou uma série de atos administrativos como assinatura da ordem de serviço para implantação de tanques redes para a prática de piscicultura em comunidades da zona rural, apresentação do calendário cultural do ano de 2018, além da ordem de serviço para a construção de uma nova ponte para a travessia do Poço do Ajôjo (Rio Paraguaçu).

“25 de fevereiro é uma data muito importante na história do município. Foi nesse dia, no ano de 1989, que ocorreu a emancipação política de Nova Redenção, após décadas de submissão política e administrativa de Andaraí, ‘município mãe’, ao qual pertencia, inicialmente contra os ideais daqueles que, movidos pelo sonho de liberdade, enfrentaram todos os obstáculos para enfim verem Nova Redenção livre”, destaca o ex-prefeito e líder político do município, Ivan Soares, um dos mentores do processo de emancipação de Nova Redenção.

“Foi um processo de luta muito grande, sofrível, porém com a coragem de muitos, vencemos e alcançamos a liberdade tão sonhada por nós”, lembra Ivan, que também é uma das testemunhas do movimento político mais importante da história do município. Para a prefeita Guilma Soares – que venceu às eleições em 2016 com uma frente popular jamais vista na política da cidade, “da emancipação política até o presente, 29 anos se passaram e hoje Nova Redenção escreve mais um capítulo da sua história: o da reconstrução”.

A gestora petista se refere ao sucateamento em que encontrava a máquina administrativa em ações sociais e estruturantes, na última administração, penalizando por quatro anos toda a população, principalmente o povo da zona rural que sofria sem água e sem qualidade de vida. Em contato com o Jornal da Chapada, Guilma, em nome de todos que fazem a administração ‘Governo da Reconstrução’, agradeceu todos e todas que lutaram pela liberdade de Nova Redenção e parabeniza a cada morador pelo aniversário. A prefeita convidou a população para prestigiar o jogo entre as seleções de Nova Redenção e Palmeiras, pela Copa Chapada Forte, que tem como premiação para o município campeão uma ambulância zero quilômetro.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.