Chapada: Slow Food é tema de programas culinários gravados em Lençóis e Iraquara; confira vídeos

Postado em mar 24 2018 - 5:29pm por Jornal da Chapada
food

O programa apresentado na internet por Deisy Anunciação traz informações valiosas para uma alimentação saudável |
FOTO: Montagem do JC/Divulgação |

Os últimos episódios do Programa Sabor de Dendê na internet, apresentado por Deisy Anunciação, tiveram como temas a reeducação alimentar e a importância dos orgânicos, com base na filosofia Slow Food. A equipe visitou os municípios de Iraquara e Lençóis, na Chapada Diamantina, e trouxe novidades sobre o assunto. Foi feita, por exemplo, uma releitura do nhoque italiano no estilo sertão baiano durante a passagem da equipe do programa por Lençóis. Antes, a apresentara conversou sobre como ter uma boa alimentação é fundamental para viver com qualidade de vida.

Nesse programa, uma das pioneiras em implantar nos restaurantes técnicas do movimento Slowfood na região, a chef de cozinha Deborah Doitschinoff, do Restaurante Cozinha Aberta, falou sobre como a qualidade de vida está relacionada à nossa alimentação. Para ela, é possível realizar cura pela comida. “Regulando problemas hormonais, de hipertensão, e até de Alzheimer. Além de manter o meio ambiente saudável, sustentável e o corpo também”.

Horta orgânica
No programa anterior, em Iraquara, Deisy Anunciação mostrou a importância de cultivar seu próprio alimento, que vem sendo cada vez mais comum, apresentando uma horta orgânica que abastece toda a produção alimentícia do Restaurante Lapa Doce. De acordo com a apresentadora, o movimento Slow Food a cada dia expande e estimula as pessoas a terem uma consciência alimentar, desfrutando do prazer de comer. Anunciação foi acompanhada da espeleóloga Cláudia Lima, que deu mais informações sobre a região e a produção.

Sobre Slowfood
Em resumo, a filosofia do movimento Slowfood tem o princípio básico do direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto as pessoas responsáveis pela produção, os produtores. Defende a proteção às identidades culturais ligadas a tradições alimentares e gastronômicas. Fundado por Carlo Petrini em 1986, o Slow Food se tornou uma associação internacional sem fins lucrativos em 1989. Atualmente conta com mais de 100.000 membros e tem escritórios na Itália, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, França, Japão e Reino Unido, e apoiadores em 150 países.

Jornal da Chapada

Confira o programa com a receita do nhoque de mandioca

Conheça a horta orgânica em Iraquara

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.