Lula fala como candidato e se diz vítima de ‘farsa judiciária’ em artigo a jornal francês

Postado em maio 17 2018 - 12:25pm por Jornal da Chapada
lula

Segundo Lula, as eleições “serão democráticas apenas se todas as forças políticas puderem participar delas de forma livre e justa” | FOTO: Divulgação | 

Em um artigo de opinião publicado nesta quinta-feira (17) pelo jornal francês ‘Le Monde’, o ex-presidente Lula (PT) critica o que classifica como “farsa judiciária” da qual se diz vítima após ser preso por “corrupção” e exigiu uma eleição presidencial “democrática”, com “todas as forças políticas” —incluindo a sua.

“Enquanto presidente, eu defendi, por todos os meios, a luta contra a corrupção e não aceito que me atribuam esse tipo de crime pelo viés de uma farsa judiciária”, escreveu o petista, condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção no caso do chamado triplex do Guarujá (SP). O ex-presidente foi detido desde o início de abril, o que o impede de se candidatar à Presidência no pleito de outubro.

Segundo Lula, as eleições “serão democráticas apenas se todas as forças políticas puderem participar delas de forma livre e justa”. De acordo com o líder petista, sua candidatura é “uma proposta para que o Brasil encontre o caminho da inclusão social, do diálogo democrático, da soberania nacional e do crescimento econômico para a construção de um país mais justo e solidário”.

“Eu sou candidato […] porque sei que eu posso fazer de modo que o país retome o caminho da democracia e do desenvolvimento para nosso povo”, garante ele.“Eu sou candidato para devolver aos pobres e aos excluídos sua dignidade, para garantir seus direitos e lhes dar esperança de uma vida melhor”, acrescenta Lula, que destaca o fato de “dominar, com uma forte margem, as pesquisas de intenções de voto no Brasil”. As informações são do Bocão News.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.