#Brasil: Preço da gasolina sobe após seis semanas seguidas de queda

Postado em jul 21 2018 - 12:00pm por Jornal da Chapada
capa23

A ANP divulga semanalmente o preço médio por litro do diesel nos postos, com dados coletados em 459 municípios pesquisados | FOTO: Divulgação |

Na última sexta-feira (20), a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP) divulgou que o preço da gasolina nas bombas subiu após seis semanas consecutivas de queda. Já o valor médio do diesel para o consumidor final caiu. Segundo a ANP, o preço da gasolina subiu 0,13% na semana, para R$ 4,50 por litro, em média no país.  Em Salvador, o preço está variando entre R$ 4,77 e R$ 4,88. Já o custo do diesel nas bombas teve queda de 0,23% na semana, para R$ 3,38.

De acordo com a publicação, no mesmo período, a Petrobras baixou o preço da gasolina nas refinarias em R$ 0,04, ou cerca de 1,8%, seguindo sua política de reajuste de preços com o objetivo de acompanhar as cotações internacionais. De acordo com a empresa, as decisões de subir ou baixar os preços nas refinarias dependem de fatores como o câmbio e o preço do barril de petróleo. O repasse ou não para o consumidor final depende dos postos.

Já o valor do diesel permanece congelado nas refinarias, conforme acordo feito para encerrar a greve dos caminhoneiros. Desde o dia anterior ao início dos protestos, o preço médio do diesel calculado pela ANP recuou R$ 0,21 até agora – ainda abaixo dos R$ 0,46 previstos pelo governo no acordo feito com os caminhoneiros para encerrar a greve.

No ano, o preço médio da gasolina calculado pela ANP já acumula alta de 9,7% – uma variação bem maior que a inflação esperada para o ano, de 4,15%. Já o diesel tem alta acumulada de 1,6%. A ANP divulga semanalmente o preço médio por litro do diesel nos postos, com dados coletados em 459 municípios pesquisados. Os valores representam uma média calculada pela ANP. Os preços, portanto, variam de acordo com a região pesquisada.

Na passada, o preço do etanol caiu 1,17%, para R$ 2,775, em média. Foi a sexta semana seguida de queda. Em 2018, o preço médio do etanol já caiu 4,7%. Da mesma maneira como ocorre com a gasolina e o diesel, o valor representa uma média calculada pela ANP com os dados coletados nos postos, e, portanto, os preços podem variar de acordo com a região. Já o preço do botijão de gás de cozinha ficou quase estável, com recuo de 0,01% na semana, para a média de R$ 68,68. No ano, há alta acumulada de 1,9%. As informações são do G1.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.