#Bahia: Convênios impulsionam cadeias produtivas da agricultura familiar de Itiúba

Postado em ago 18 2018 - 12:05pm por Jornal da Chapada

O lançamento aconteceu na Praça da Igreja Matriz e contou com rodas de conversa, palestras, exposições e venda de produtos, além de intercâmbio de experiências e atividades culturais | FOTO: Divulgação/SR |

A população do município de Itiúba, no centro norte da Bahia, passa a conta com a Feira Agroecológica onde será possível adquirir alimentos sem agrotóxicos, produzidos pela agricultura familiar. O lançamento aconteceu na última sexta-feira (17), na Praça da Igreja Matriz, e contou com rodas de conversa, palestras, exposições e venda de produtos, além de intercâmbio de experiências e atividades culturais. A feira funcionará todas as sextas-feiras.

Durante o lançamento, foi realizada a assinatura de cinco convênios do Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Os convênios, assinados com associações representativas da agricultura familiar, totalizam investimentos da ordem de R$2,4 milhões, e irão beneficiar cerca de 700 famílias de comunidades rurais do município de Itiúba.

Foram assinados ainda dois convênios com associações comunitárias dos municípios de Queimadas e uma de Ponto Novo. Os investimentos serão voltados para o fortalecimento de cadeias produtivas como a da avicultura, caprinovinocultura, piscicultura e aquicultura, além da destinação de recursos para a gestão dos empreendimentos e implantação de quintais agroecológicos, entre outras ações.

Assinaram convênio as associações de Moradores e Produtores Rurais da Fazenda Sítio do Meio, Comunitária do Alto São Gonçalo, dos Pequenos Produtores do Assentamento Novo Paraíso, Comunitária de Taquari, dos Pescadores e Aquicultores Z-69 de Itiúba. De Queimadas assinaram convênios as associações Limpo dos Bois, Várzea Nova da Capoeira e Região e dos Moradores, Produtores de Riacho da Onça e de Ponto Novo a Associação Comunitária de Morrinhos.

“O projeto que será implantado vai ser também uma fonte de renda para as famílias beneficiadas, além de inseri-las em atividades produtivas”, ressaltou a presidente da Associação Comunitária de Taquari, Aurinha Ribeiro. O presidente da Associação Comunitária dos Pequenos Moradores do Sítio do Meio, Belarmino Carvalho, afirmou: “a iniciativa vai levar mais economia para as famílias e mais desenvolvimento para a comunidade”.

De acordo com o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, o objetivo é organizar a força da agricultura familiar no município: “Os investimentos proporcionarão a movimentação da economia local, gerando renda para a população, com o processo de beneficiamento e agregação de valor com as agroindústrias, e comercialização dessa produção, gerando desenvolvimento para o município”.

João Leno Oliveira, da Associação Riacho da Onça, declarou que com o convênio as famílias terão condições de buscar melhorias para a comunidade: “Com esses recursos a gente procura estimular os agricultores da nossa região a se desenvolverem, a melhorar seu rebanho, procurando qualificação em suas atividades e buscar satisfazer o desejo das suas famílias, dando uma boa estrutura para os seus familiares”. A programação contou ainda com a visita ao Centro de Comercialização Animal do município, que deverá receber novos investimentos para a readequação do espaço.

Pró-Semiárido
O Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável na Região Semiárida da Bahia – Pró-Semiárido, executado a partir de acordo de empréstimo com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), agência de desenvolvimento da Organização das Unidas (ONU), no valor de R$300 milhões, é parte integrante de um conjunto de compromissos do Governo da Bahia para seguir avançando na erradicação da pobreza.

O objetivo é melhorar a qualidade de vida e gerar renda para 70 mil famílias, fortalecendo as principais cadeias produtivas de agricultores familiares, de 460 comunidades rurais, localizadas em 32 municípios do centro-norte do estado da Bahia, por meio de investimentos socioprodutivos. O total de investimentos realizados em Itiúba é da ordem de R$1.4 milhões, somados aos novos investimentos, o município está recebendo recursos que ultrapassam os R$ 3,8 milhões. As informações são da SDR.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.