“Nunca se matou tanto jovem na Bahia como no governo do PT”, brada a candidata Taissa

Postado em ago 23 2018 - 11:00am por Jornal da Chapada

A candidata a deputada estadual Taissa Gama (PTB) | FOTO: Divulgação |

Segundo dados do Atlas da Violência, pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a Bahia é o estado do país com o maior número de mortes violentas de jovens entre 15 e 29 anos, com base em informações do Ministério da Saúde. Desde 2009, o estado lidera o ranking nacional, em números absolutos de mortes.

“Nunca se matou tanto jovem na Bahia como no governo do PT. É um descaso tamanho com os nossos jovens. Não há projetos, não há esperança, não há nenhum tipo de cuidado para que eles possam ter a segurança de tempos melhor no interior. É um absurdo que a Bahia esteja nesta posição há nove anos. Quando vamos nos importar? Uma das minhas bandeiras é justamente a valorização de crianças, adolescentes e jovens e conseguimos em Salvador mudar essa realidade quando estávamos à frente da Secretaria de Política para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) e agora vamos batalhar para aplicar os mesmos projetos no interior”, disse a candidata a deputada estadual Taissa Gama (PTB).

Considerando a taxa de homicídios por 100 mil jovens na faixa etária de 15 a 29 anos, a Bahia ficou em quarto lugar no ranking nacional em 2016, com 114,3. O estado ficou atrás de Sergipe (142,7), Rio Grande do Norte (125,6) e Alagoas (122,4). Em dez anos (2006 a 2016), a taxa de homicídios por 100 mil jovens na faixa etária de 15 a 29 anos na Bahia subiu 150,5% — saiu de 45,6 em 2006 para 114,3 em 2016.

O estudo aponta que a maior parte dos jovens mortos é do sexo masculino. Em todo o país, 33.590 jovens foram assassinados em 2016, sendo 94,6% do sexo masculino. Esse número representa um aumento de 7,4% em relação ao ano anterior. A Bahia registrou em 2016 taxa de homicídios de jovens homens de 218,4 por 100 mil jovens de 15 a 19 anos. O estado ficou atrás apenas do Rio Grande do Norte (237,3), Alagoas (240,0) e Sergipe (280,6).

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.