#Bahia: Festival Internacional da Sanfona chega à quinta edição em Juazeiro

Postado em nov 5 2018 - 3:49pm por Jornal da Chapada
capa

O cantor, sanfoneiro e compositor, Targino Gondim é o curador e diretor artístico do evento | FOTO: Reprodução/Elói Corrêa |

Um instrumento de origem chinesa, com presença garantida nas festas populares e na maioria das tradições culturais do país e do mundo, dependendo da região ou país pode ser conhecido como: acordeom (nova grafia segundo o acordo ortográfico), sanfona, gaita, concertina, bandoneón, harmonia, fole, fisarmonica e até mesmo botoneira. É por essa pluralidade impar que entre os dias 14 e 17 de novembro, na cidade de Juazeiro (BA), a V edição do Festival Internacional da Sanfona, vai celebrar o universo desse expressivo instrumento, atraindo a população local e grande número de turistas.

Os acordes da sanfona prometem movimentar as margens do imponente Rio São Francisco, nessa quinta edição do evento com o tema “A Alegria da Sanfona Está de Volta”. Uma vasta programação vai contar com exposição temática, oficina musical com Edglei Miguel, Workshops com expressões internacionais e nacional, as Jam Sanfona Sessions que foram consagradas como o grande destaque da edição passada do Festival, além dos concertos musicais que trazem grandes instrumentistas do Brasil e do mundo.

O Festival Internacional da Sanfona conta com o apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia via Fundo de Cultura, através do Edital de Eventos Calendarizados 2016, e apoio institucional da Convocatória Ocupe Seu Espaço, ambos da Secretaria de Cultura da Bahia. Realizado pela Conspiradoria Projetos e Produções e Toca Pra Nós Dois Produções e Eventos, o projeto é dirigido por Celso de Carvalho, diretor geral e idealizador do festival em parceria com Targino Gondim, cantor, sanfoneiro, compositor, que é o curador e diretor artístico do evento, além dos produtores Paulo Gondim e Luciana Carvalho.

As atividades começam na quarta-feira, dia 14, às 9h, com o início de uma exposição temática, onde o público também terá a oportunidade de acompanhar a manutenção e afinação de modelos do instrumento. A abertura oficial do evento acontece durante a realização da primeira Jam Sanfona Session com participação de Targino Gondim, Quinteto Sanfônico do Brasil, Chico Chagas e Mahatma Costa, também no dia 14, a partir das 17 horas, tudo no Foyer do Centro de Cultura João Gilberto.

Entre os instrumentistas que vem de diversos estados do país e também do exterior já estão confirmados na programação do Festival os seguintes nomes: Chico Chagas (AC), Daniel Itabaiana (BA), Edglei Miguel (PB), Jason O’Rourke (Irlanda do Norte), Junior Ferreira (BA/DF), Mahatma Costa (PE), Mestrinho (SE), Silas França(BA), Simone Zanchini (Itália), Quinteto Sanfônico do Brasil (BA) e Targino Gondim (BA), entre outros.

O Festival atrai músicos de todo o Brasil e de outros países, dentre outros artistas, pesquisadores, produtores culturais, estudantes e pessoas de todas as classes sociais, idades e gêneros. O público desta edição do festival está estimado em mais de 10.000 pessoas e é bem variado, formado principalmente por famílias que comparecem juntas às atividades. Há um contingente grande de pessoas que já curtiram as edições anteriores e sempre manifestam grande desejo de participar de novas edições. As informações são da Secult.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.