Brasileiro Gabriel Medina se consagra bicampeão mundial de surfe no Havaí

Postado em dez 19 2018 - 12:00pm por Jornal da Chapada

Dos últimos cinco títulos mundiais, o Brasil venceu três – dois com Medina e um com Mineirinho | FOTO: Divulgação |

O surfista paulista Gabriel Medina colocou de uma vez na história do surfe mundial o Brazilian Storm (Tempestade Brasileira, em tradução livre) ao se sagrar bicampeão mundial na etapa de Pipeline, no Havaí. Dos últimos cinco títulos mundiais, o Brasil venceu três – dois com Medina e um com Mineirinho. E das 11 etapas da temporada 2018, os brasileiros venceram nove (81,8%), um completo domínio em relação aos tradicionais rivais, os americanos, havaianos e australianos.

Gabriel Medina foi campeão em 2014, quando o Brasil foi pela primeira vez dono do mundo. Em 2015, o título foi de Adriano de Souza, o Mineirinho, fazendo o Brasil bicampeão. Em 2016 e 2017, John John Florence, do Havaí, foi o campeão, mas sempre com um brasileiro na cola. Em 2016 e 2017 Gabriel Medina foi terceiro colocado e vice-campeão no ano passado.

Para completar a festa brasileira, Jesse Mendes garantiu o título da Tríplice Coroa Havaiana, disputa que envolve três etapas (duas do QS e uma do CT). Ele foi quinto colocado no Hawaiian Pro e depois conseguiu um segundo lugar no Sunset Pro. Em Pipeline, caiu nas quartas de final, mas no geral foi o surfista que mais pontuou. Jornal da Chapada com informações de Globo Esporte.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.