Chapada: Suspeito de exercer irregularmente a profissão de cirurgião dentista é preso em Piritiba

Postado em jan 14 2019 - 2:21pm por Jornal da Chapada

O falso dentista confessou para os fiscais do conselho e aos policiais que atuava na área há 15 anos | FOTO: Divulgação/CRO-BA |

A polícia prendeu Marcelino Guimarães da Silva, na manhã do último domingo (13), em Piritiba, na Chapada Diamantina, pela suspeita de exercer irregularmente a profissão de cirurgião dentista. Conforme o Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), a pena varia de seis meses a dois anos de prisão.

Dados apontam que polícia informou que ele não possuía diploma de graduação necessário para exercer a profissão. Segundo o CRO-BA, policiais militares prenderam Marcelino em flagrante. O falso dentista confessou para os fiscais do conselho e aos policiais que atuava na área há 15 anos.

De acordo com informações da delegacia de Xique-Xique, o suspeito foi liberado após prestar depoimento. O CRO-BA informou ainda que materiais de esterilização utilizados em cirurgias odontológicas foram apreendidos. Jornal da Chapada com informações do G1-BA e do CRO-BA.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.