CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Grupo Olaria apresenta espetáculo ‘Festa na Fé’ em três municípios da região no mês de fevereiro

Palmeiras (Vale do Capão), Lençóis e Ibicoara terão sessões da peça do Grupo de Artes Integradas Performativas e de Pesquisa de 8 a 16 de fevereiro | FOTO: Divulgação/Diego Brito |

Neste mês de fevereiro, o Grupo Olaria apresentará o espetáculo ‘Festa na Fé’ em três municípios da região da Chapada Diamantina. Palmeiras (Vale do Capão), Lençóis e Ibicoara terão sessões da peça do Grupo de Artes Integradas Performativas e de Pesquisa de 8 a 16 de fevereiro. No Vale do Capão será no dia 8, na comunidade Lagoa dos Patos, e no dia 9 no Coreto da Vila. Já em Lençóis, o grupo se apresenta no dia 12, na Praça do Tomba, e no dia 13, na Praça no Nequinha. Em Ibicoara, as apresentações serão no dia 15, no Espaço Cultural, na Praça Tancredo Neves, centro, e no dia 16, no Circo Redondo.

O projeto ‘Festa na Fé – Terrêro de arribação’ contemplado pelo Edital Setorial de Teatro (SecultBa/2016), refere-se a uma montagem e circulação do novo espetáculo de repertório do Grupo Olaria. A sinopse aponta para uma trupe de brincantes que chega em cortejo. Esse grupo encena a cultura popular em histórias fantásticas inspiradas na sabedoria dos nossos povos ancestrais. “‘Festa na fé’, traz, em seu repertório, histórias fantásticas [presentes de Oxum; Auto do resgate; Loba Lua; O grande pássaro] inspiradas na cultura nordestina e em suas raízes africanas, ibéricas e indígenas”, aponta texto enviado ao Jornal da Chapada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Em cada apresentação, escolhemos uma história e uma brincadeira popular [coco, ciranda, jongo, maracatu, terno de reis] para partilhar com o público, de modo que nenhuma apresentação é igual a outra. O espetáculo foi concebido para ser apresentado na rua e em espaços abertos e é indicado para todos os públicos, sem restrição de idade”, completa o texto de divulgação.

Sobre o grupo
O ‘Olaria – Grupo de Artes Integradas Performativas e de Pesquisa” foi fundado em 2010 pelo professor Roberto de Abreu. Atualmente, é um coletivo artístico profissional, com sede em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, e que tem em sua composição artistas da cena das mais diferentes formações/atuações, como no teatro, dança, performance, música e artes visuais.

Esse grupo se debruça no estudo do corpo sensível, um corpo presente, disponível para o jogo cênico e utiliza em seus processos de criação a ‘Dramaturgia da Sala de Ensaio’, uma metodologia desenvolvida pelo dramaturgo Roberto de Abreu e que propõe as seguintes etapas de criação: levantamento de referências, levantamento de material cênico, seleção de material cênico, trabalho dramatúrgico e ajustes de cenas. Jornal da Chapada com dados de assessoria.

Serviços
Espetáculo ‘Festa na Fé’
Circulação na Chapada Diamantina de 8 à 16 de fevereiro
Vale do Capão: 8/2 na comunidade Lagoa dos Patos, 9/2 no Coreto da Vila
Lençóis: 12/2 na Praça do Tomba, 13/2 na Praça do Nequinha
Ibicoara: 15/2 no Espaço Cultural praça Tancredo Neves, Centro, 16/2 no Circo Redondo

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas