Suíca detona o PSL: “Partido de aluguel que só serve para atacar o PT”

Postado em mar 11 2019 - 12:48pm por Jornal da Chapada
suica

O edil petista disse que o PSL “é um partido de aluguel” e que “a postura é depreciativa”, utilizando “subterfúgios e fake news para atacar outros partidos” | FOTO: Divulgação |

A possibilidade do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, ter seu registro cancelado na Bahia caiu como uma bomba entre os políticos da legenda e de outras agremiações. Neste domingo (10), ao saber da notícia, o vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT) criticou a postura do partido do presidente e detonou a direção baiana. O edil petista disse que o PSL “é um partido de aluguel” e que “a postura é depreciativa”, utilizando “subterfúgios e fake news para atacar outros partidos”.

“Só tem tarefa de atacar o PT, que tem mais filiados no país e que é a esperança do povo brasileiro. É melhor ter projeto para cuidar do povo do que ficar só atacando o PT. Se acham o partido ruim, que façam melhor olhando para a população. Mas o PSL quer acabar com as políticas públicas que o PT criou para mudar a vida dos mais pobres. Como nada se cria e tudo se aprimora, porque razão então o PSL não melhora as políticas do PT e as aplicam em seu governo?”, critica Suíca.

O possível cancelamento do registro do PSL na Bahia deve acontecer por conta da validade da direção provisória do partido que expira em 30 de junho. A legenda é comandada pela deputada federal Dayane Pimentel e não tem autorização para movimentar nem receber verbas públicas do fundo partidário. Caso Pimentel não regularize as contas até o fim deste semestre, a sigla deve ter o registro cancelado.

Leia também

“O PSL na Bahia não está suspenso”, afirma a deputada e presidente da sigla Dayane Pimentel

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.