“Programa de parto humanizado em Itaetê reflete cuidado do gestor com mulheres”, diz deputado

Postado em jul 5 2019 - 10:56pm por Jornal da Chapada

O deputado Marcelo Veiga e o prefeito Valdes Brito destacam o procedimento implantado no município | FOTO: Divulgação |

O município de Itaetê, na Chapada Diamantina, é referência na Bahia com o programa de parto humanizado e se destacou no país durante o Congresso Nacional de Secretários Municipais de Saúde, em Brasília, esta semana. Quem traduziu a iniciativa como um “avanço social para as mulheres” e como um “reconhecimento profissional das doulas” foi o deputado estadual Marcelo Veiga (PSB), que representa o município chapadeiro na Assembleia Legislativa (Alba). Nesta sexta-feira (5), o parlamentar destacou a gestão de Itaetê e detalhou a importância do processo no interior do estado.

“É, sobretudo, um processo que mantém as mães próximas de seus filhos todo o momento. Em Itaetê, as mulheres tinham que ir para outro município para dar à luz. Agora, na gestão do prefeito Valdes Brito [PT], isso mudou, além de ter o procedimento no hospital local, ele é humanizado com técnicas e procedimentos que diminuem dor, tempo de internação, e até problemas com infecção”. De acordo com informações da prefeitura de Itaetê, quase 250 crianças já vieram ao mundo de parto humanizado no hospital da cidade, desde o começo de 2017.

“Nossa gestão lutou para consolidar esses procedimentos e atualmente sentimos uma alegria enorme em ver os filhos da terra nascendo aqui. Essa administração é humana, possui pessoas comprometidas com o povo e resolvemos levar isso para o parto, oferecendo o melhor para os bebês e mães. Antes, apenas o serviço de parto expulsivo era oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde. Agora, o município segue todas as boas práticas de parto e nascimento preconizadas pela Organização Mundial da Saúde [OMS]”, destaca o prefeito Valdes Brito.

No congresso de Secretários Municipais de Saúde – 16º Mostra Brasil aqui tem SUS, a secretária de Saúde de Itaetê, Clézia Ribeiro, e a enfermeira obstetra, Grazielle Crisóstomo, apresentaram o relato de experiência intitulado como ‘Pré Natal: condição fundamental para um parto saudável ao Binômio’. Esse trabalho foi selecionado como uma das experiências exitosas da Bahia, envolvendo as técnicas e procedimentos do parto humanizado.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.