CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

#Salvador: Sustentabilidade será discutida durante fórum sobre mineração no dia 14 de agosto

Estão previstos três painéis temáticos no evento que acontece na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia | FOTO: Reprodução |

No próximo dia 14 de agosto, representantes da mineração na Bahia se reúnem em evento que terá os caminhos para uma atuação sustentável como um dos temas de discussão. Grandes empresas em operação na Bahia, representantes do poder público, iniciativa privada e da academia participam do I Fórum Internacional de Inovação e Sustentabilidade na Mineração. O evento, que acontece na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), das 8h às 17h20, é promovido pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) e tem o apoio do jornal Correio.

Estão previstos três painéis temáticos: Desafios e Oportunidades da Mineração; Inovação, Sustentabilidade e Novas Tendências para a Mineração; Estratégias para o Fortalecimento do Ecossistema de Inovação da Bahia. “Nós temos que enfrentar os desafios da sustentabilidade. Quando eu falo desse assunto, não estou falando em algo que vai me beneficiar hoje, estou falando de algo que vai ser importante para os meus netos”, diz o presidente da CBPM, Antonio Carlos Tramm.

“O meio ambiente tem que ser resguardado porque é importante para o futuro, mas nós acreditamos que é possível e preciso aliar o desenvolvimento à preservação do meio ambiente”, afirma. Entre os integrantes do poder público estão confirmados Alexandre Vidigal, secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME), e Victor Hugo Froner Bicca, diretor-geral da Agência Nacional de Mineração (ANM).

“São as duas maiores autoridades formais em mineração do país. É uma coisa muito importante para a Bahia no momento”, destaca Tramm. Na iniciativa privada, o presidente da Largo Resources no Brasil, Paulo Misk, é presença confirmada, para falar sobre a Vanádio de Maracás. Gustavo Roque, coordenador do Mining Hub, em Minas Gerais, é outra presença confirmada. O projeto que a CBPM pretende implantar no estado é baseado do que está em operação em Minas desde o início deste ano.

“O mundo está cada vez mais tecnológico e existe uma demanda por tecnologia na mineração também. Minas Gerais montou o primeiro e nós queremos aprender com a experiência deles”, destaca Tramm. “O hub é uma aposta no futuro da mineração aqui na Bahia”, acredita. Rinaldo Mancin, diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) também estará presente. A entidade é a responsável pela representação nacional da atividade. Segundo o presidente da CBPM, outros nomes de peso ainda serão confirmados. Jornal da Chapada com informações de Correio24h.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas