CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica
Trending

Chapada: Vereadores de Palmeiras denunciam sumiço de equipamentos em zona rural

Os edis Gilberto Monte Santos Neto, Neide de Lili e Kléber Alves denunciaram o sumiço de materiais de manutenção e saneamento.

Em uma sessão da Câmara de Vereadores de Palmeiras, município da Chapada Diamantina, realizada e transmitida ao vivo por meio das redes sociais na última semana, edis como Gilberto Monte Santos Neto, o popular Giba (PDT), Neide de Lili (PPS) e Kléber Alves (PCdoB) denunciaram o sumiço de materiais de manutenção e saneamento.

Segundo o vereador Kléber, motores elétricos, bombas de sucção e vários canos para abastecimento de água de poços artesianos, que chegariam ao valor de R$25 mil, não estão onde deveriam, que é nas comunidades rurais do município. “A gente está com suspeitas de má-fé. O material foi desviado e, possivelmente, está no pesque-pague localizado na fazenda do prefeito [Ricardo Guimarães, PSD]”, acusou Alves.

Veja vídeo divulgado

Segundo ele, o pior é a necessidade da população. “É triste ver que o poço está sem funcionar. Esta Casa tem que tomar posição, eu quero saber onde está esse material”, finalizou o edil. Já para Giba, se há a suspeita de para onde o material está indo e para quem ele está servindo é preciso apurar.

“É um trabalho. Em diversas localidades que visitamos não se encontra nenhum desses materiais. Deve ter alguma coisa errada”, disse. Ele afirmou que nas comunidades o abastecimento de água não está normal e nada é feito. “Isso é responsabilidade do prefeito”, completou Giba.

Os vereadores cobram posição do prefeito Ricardo Guimarães | FOTO: Divulgação |

A vereadora Neide corroborou com a ideia e afirmou que moradores da comunidade de Volta da Serra, na zona rural do município, entraram em contato com ela e disseram que o poço local não teve manutenção. “Disseram que é mentira que a prefeitura deu suporte no poço de lá”, finalizou a edil.

Nossa equipe de reportagem tenta conversar sobre o assunto com o prefeito Ricardo, mas ainda não foi atendida. Na última quinta-feira (17) foi confirmado pelo recepcionista da prefeitura que ele não estava no local. E na sexta (18) o gestor estava, mas não pôde conversar com o Jornal da Chapada por estar realizando atendimentos no seu gabinete. Esta semana, a reportagem não mais conseguiu contato.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas