CidadesCulturaCuriosidadesEstilo de vidaMenu Principal
Trending

Chapada: Jovem morador de Mucugê é aprovado e entra para a Escola do Teatro Bolshoi

Concorrentes de 19 estados brasileiros e do Distrito Federal participaram do processo, com exames médicos, fisioterápicos, musicais e artísticos.

A Escola do Teatro Bolshoi divulgou, no último domingo (20), a lista dos aprovados na seleção nacional aqui no Brasil. E a Chapada Diamantina este ano tem seu representante, é o garoto Gil Pimentel Zuntini, morador de Mucugê. Cerca de 800 crianças passaram pela Escola do Teatro Bolshoi, em Joinville, em busca da realização do sonho de se tornar bailarino. Foram concorrentes de 19 estados brasileiros e do Distrito Federal participando do processo, com exames médicos, fisioterápicos, musicais e artísticos.

Segundo Ana Luísa Pimentel, mãe de Gil, o garoto começou a fazer ballet em Mucugê, com a professora Ana Cláudia Teixeira, que foi sua grande incentivadora na dança. “À medida que ele ia crescendo, sempre o seu interesse ficava maior”, contou Ana ao Jornal da Chapada. Gil tentou fazer a prova do Bolshoi pela primeira vez em 2017 e não conseguiu. “Em 2018 nós nos organizamos financeiramente para conseguir mandar ele em 2019 estudar em Florianópolis, na Escola de Ballet Skiante e, então, com a sua paixão e a dedicação do professor Rodrigo Nunes e Roberta Skiante ele conseguiu essa vitória”, disse a mãe.

Veja fotos de acervo pessoal do bailarino

Este slideshow necessita de JavaScript.

E tudo isso foi conquistado com o principal sacrifício. A sua separação da família. “Não foi fácil mudar tudo para buscar esse sonho. O nome Mucugê agora estará em tudo que ele fará na sua vida de bailarino. É uma conquista para ele a cidade e a Bahia”, afirmou Ana Luísa. Ela disse que na categoria em que ele foi inscrito, ele é o único baiano que passou. E não é nada fácil. Os concorrentes tiveram que passar por uma seleção rigorosa, que começou com as etapas estaduais, passando para as regionais e, finalmente, a nacional. Foram feitos testes com exames médicos, fisioterápicos, musical e artísticos.

As crianças selecionadas iniciam na primeira série e os adolescentes vão para as séries mais avançadas, ambas turmas iniciam em 2020. Eles ingressam como bolsistas no Curso de Dança Clássica, com duração de até oito anos. Além de ensino gratuito, os bolsistas recebem benefícios como alimentação, transporte, uniformes, figurinos, assistência social, orientação pedagógica, assistência odontológica preventiva, atendimento fisioterápico, nutricional e assistência médica de emergência/urgência pré-hospitalar.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas