CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolícia
Trending

#Brasil: Polícia Federal prende juiz de Comarca de Salvador em desdobramento da Operação Faroeste

Quatro advogados já tinham sido presos e 40 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em quatro cidades baianas e em Brasília.

O desdobramento da Operação Faroeste, que investiga um suposto esquema de venda de decisões judiciais, além de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência no estado, da Polícia Federal (PF), prendeu o juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, da 5ª vara de Substituições da Comarca de Salvador.

A prisão ocorreu na manhã deste sábado (23). A operação afastou o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e mais cinco desembargadores.

De acordo com a PF, o mandado de prisão temporária do juiz foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Sérgio Humberto de Quadros Sampaio estava afastado do trabalho desde a última terça-feira. A prisão é válida por cinco dias. O site G1 não conseguiu contato com a defesa do juiz preso neste sábado até a última atualização desta reportagem.

Quatro advogados já tinham sido presos e 40 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em quatro cidades baianas e em Brasília. As prisões são temporárias e terão duração de cinco dias.

Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e houve bloqueio de bens de alguns dos envolvidos na investigação sobre legalização de terras no oeste baiano, no total de R$ 581 milhões. Segundo o STJ, o grupo integra uma organização criminosa. Os afastamentos dos magistrados valem por 90 dias. Jornal da Chapada com informações de G1BA

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas